Mãe enfrenta assaltantes para tirar filho de 1 ano do carro; vídeo

A mulher disse não se reconhecer nas imagens.

A empresária Fabiana Fernandes Alecrim passou por momentos de pânico na noite de quarta-feira (31), em Sumaré (SP). Ela foi abordada por dois assaltantes quando saía de uma sorveteria e chegou a lutar com os suspeitos para tirar o filho de 1 ano e dez meses do carro, com medo de que eles levassem a criança. Depois de assistir ao vídeo gravado pelo sistema de segurança do estabelecimento, a mulher afirmou, nesta quinta-feira (1), que agiu por instinto e nem consegue se reconhecer nas imagens.

"Não me reconheço nas imagens, parece que não sou eu. Eu realmente agi por instinto. Eu não pensei em nada. Só senti um medo e uma sensação muito ruim de perder o meu filho. Foi uma sensação de proteção, então eu só pensei em salvá-lo. Por mim eles poderiam levar o carro, porque eu posso comprar outro, mas a minha vida e a do meu filho eu não ia recuperar", disse.

A empresária disse ainda que não sentiu a coronhada que levou na cabeça de um dos assaltantes e, quando os dois entraram no carro, ela pensou que não fosse conseguir tirar o filho. "Eu achei que eles iam arrancar com ele dentro do carro, mas ainda bem que antes de sair um deles abriu a porta e retirou meu filho. Foi nesse momento que eu peguei ele e fui amparada por pessoas que estavam em uma igreja", relatou.

O marido da vítima, Ébano Alecrim, afirmou que ficou desesperado depois que viu o vídeo da esposa lutando com os assaltantes porque pensou que fosse perder a mulher e o filho. No entanto, após o susto, ele disse que ficou orgulhoso da atitude e compreende o instinto de proteção de mãe que ela teve no momento.

"Isso é uma mãe protegendo um filho. É uma atitude muito honrada. Acho que só as mães têm condições de fazer isso. Eu fiquei muito orgulhoso dela", disse o empresário.

O assalto

No vídeo, é possível ver que os dois assaltantes abordaram a mulher no momento em que ela seguia para o carro. Um deles está armado, e a vítima tenta sair da ação dos agressores, mas ele coloca a arma no rosto da mulher. Mesmo assim, ela continua lutando com eles.

Em seguida, um dos suspeitos entra no carro pela porta traseira. A mãe pede a criança, mas ela só é deixada no chão antes de eles saírem com o carro.

A Guarda Municipal de Campinas (SP) encontrou na noite de quinta-feira (1º) o carro que havia sido roubado um dia antes em Sumaré (SP). Ele pertence a uma empresária e mãe, que enfrentou dois assaltantes para retirar o filho do veículo durante um assalto. Ninguém foi preso.


Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com