Maioria das mulheres aprovadas em concurso estão presas por fraude

A Polícia Civil realizou uma operação nesta quinta-feira.

Atualizado às 11h15

A Polícia Civil do Piauí divulgou na manhã desta sexta-feira (18/11), a foto dos nove foragidos da 'Operação Vigiles' deflagrada ontem com o objetivo de apurar a fraude do concurso do Corpo de Bombeiros, no Piauí. 

Qualquer informação dos acusados deve ser repassada imediatamente para a Polícia Civil ou Secretaria de Segurança. Os foragidos são: Cristian Alcântara Santigo,  Josué Brito Modesto, Gabriel Alves Costa Pereira, Evelyn Mariane Oliveira Ferreira, Jackeline Alves Brandão, Italo César da Silva Damasceno, Bruno Carvalho Miranda, Francisco das Chagas Laylson da Silva Rocha e Janaira Pessoa dos Santos.


Maioria das mulheres aprovadas em concurso estão presas por fraude

Na manhã desta quinta-feira (17/11), a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Civil do Piauí, por meio da Divisão de Crimes de Corrupção, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), executam a 'Operação Vigiles', relativa à apuração de fraude ao Concurso Público de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, ocorrido no ano de 2014.

Após a operação que resultou na detenção de 27 pessoas, a Polícia Civil do Piauí divulgou uma lista com o nome de todos os presos e foragidos que ainda faltam ser capturados. O que chama atenção é que dentre os nome, 7 candidatas das 10 aprovadas estão sendo investigadas pelo fraude.

De todos os aprovados, apenas 10 são do sexo feminino e 7 são alvos da operação, dentre elas: Maria José de Oliveira Rodrigues, que obteve 76 pontos, Andrea Gomes Oliveira (75 pontos), Evelyn Mariane Oliveira Ferreira (75 pontos), Jardeany Kossya Pereira da Luz (74 pontos), Valéria Vanessa Cabral Soares (74 pontos), Christina Cardoso Mangueira (73 pontos) e Janayna Pessoa dos Santos (73 anos).

Em entrevista coletiva ainda na quinta-feira, o secretário de segurança pública do Piauí, Fábio Abreu, divulgou uma lista com o nome de todos os suspeitos, dentre eles, o advogado Evilásio Rodrigues de Oliveira Corte, que também foi preso por acusação de fraude no concurso do Tribunal de Justiça do Piauí.

Os presos são:

Maria Isabel, Alana Rayane, Jardeany Kossya, Miguel José, Rayssa Kelly, Cléssio Fernandes, Andrea Gomes, Helano Magalhães, Christina Cardoso, João Gabriel, Aluisio Amorim, Ângelo José, Juniel Gomes, Antônio Marcos, Anderson José, Neyrisdenis Oliveira, Dinael Monteiro, Alexandre Augusto, Manunery Pacheco, Hermeson José, Wagner Brandão, Emerson Araújo, Gessyel Antônio, Valéria Vanessa, Jardel Pessoa, Evilásio Rodrigues (o advogado) e Maria José.

Foragidos:

Cristian Alcântara Santigo,  Josué Brito Modesto, Gabriel Alves Costa Pereira, Evelyn Mariane Oliveira Ferreira, Jackeline Alves Brandão, Italo César da Silva Damasceno, Bruno Carvalho Miranda, Francisco das Chagas Laylson da Silva Rocha e Janaira Pessoa dos Santos.

Fonte: Portal MN