Marcello Novaes comenta condenação de agressor: ‘Que sirva de exemplo para a juventude’

Marcello Novaes comenta condenação de agressor: ‘Que sirva de exemplo para a juventude’

Na época da agressão, o ator sofreu um corte na testa e foi submetido a uma cirurgia plástica

O ator Marcello Novaes quer que a condenação do lutador de jiu-jítsu Raphael Adnet Freire Guimarães, acusado de agredi-lo numa boate na Zona Sul do Rio, em novembro de 2008, sirva de exemplo para os jovens.

- Foi uma luta pela justiça. Que sirva de lição para essa juventude, que eles vejam o caminho do bem - comentou, na tarde desta quarta-feira.

O agressor foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão pelo crime de lesão corporal grave, em decisão assinada pelo juiz Marcel Laguna Duque Estrada, da 36ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio. E poderá recorrer da decisão em liberdade.

- Toda ação pode gerar uma reação. A maneira que ele achou em agir foi me agredindo. Eu reagi com a justiça. E ela foi feita - disse.

Pontos na testa

Na época da agressão, o ator sofreu um corte na testa e foi submetido a uma cirurgia plástica. Novaes levou dez pontos internos e 11 externos. No momento da confusão, ele estava com o Fábio Mondego.

- Vi o Marcello caído no chão, ensanguentado. Corri para ajudá-lo. Minha roupa ficou cheia de sangue. É uma tristeza que isso aconteça na noite do Rio - lamentou Mondego, na ocasião.

Após a agressão, Novaes registrou ocorrência na 15ª DP (Gávea).

Fonte: Extra