Menor que matou advogado já tem passagens pela PM

O menor, que já está identificado pela polícia, está foragido

Após o assassinato do advogado Francelino Moreira, 38, ocorrido na última sexta-feira, 23, os acusados trocaram tiros com a polícia durante um roubo em uma casa lotérica e um dos envolvidos foi baleado. A informação é do delegado geral de Polícia Civil, James Guerra.

?O policial acabou alvejando um deles, que caiu da moto e foi levado ao hospital onde foi apreendida a arma do crime. Esta arma tinha dois cartuchos deflagrados: um, que havia sido deflagrado no assalto, e outro no latrocínio. A gente está supondo que o primeiro tiro tenha sido o que vitimou o advogado Francelino Moreira Lima?

A Polícia Militar conseguiu retirar o projétil da bala do corpo do advogado. O delegado acredita que estará com o caso elucidado após a microcomparação balística. ?Já estamos fazendo a microcomparação balística e a expectativa é que o resultado dê 100% positivo na localização da arma e na identificação dos indivíduos?.

São três os acusados, todos são menores. ?Um dos indivíduos está preso, outro está no Hospital de Urgência de Teresina e o terceiro está solto, mas já está identificado pela polícia. Este último tem 12 passagens pela polícia?, encerra.

Fonte: Denison Duarte