Militar é preso suspeito de matar torcedor a golpes de enxada

Outro torcedor foi hospitalizado após confronto antes de clássico

A Divisão de Homicídios prendeu um militar do Exército de 22 anos suspeito de matar Thiago da Silva França a golpes de enxada, pedra e madeira em uma briga de torcidas antes do jogo Botafogo e Flamengo, no sábado. Leonardo Fernandes Oliveira, o Leozinho, foi preso em flagrante.

As torcidas se concentravam para a partida do último domingo, às 16h, quando houve uma briga entre as facções Fúria e Torcida Jovem do Flamengo. O confronto ocorreu em Bento Ribeiro, na Zona Norte, e a vítima torcia para o Botafogo. O preso foi encaminhado para o Exército, onde ficará custodiado.

Outros 20 foram presos e 5 menores foram apreendidos. No entanto, como o crime é considerado de menor potencial esportivo, eles foram liberados após assinar um termo de compromisso.

O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) levou 20 suspeitos de envolvimento na agressão para a 30º DP e, posteriormente, para a Delegacia de Homicídios.


Fonte: Com informações do G1