Mulher é agredida após negar beijo a homem no Carnaval da Bahia

A moça afirma que teve um corte da testa e chegou a desmaiar

A nutricionista Ludmylla de Souza Valverde, 27 anos, foi agredida com um copo durante o Carnaval de Salvador após negar um beijo a um folião. O caso ocorreu no circuito Dodô (Barra-Ondina), na última sexta-feira, 7. Ludmylla prestou queixa na 14ª Delegacia Territorial, mas a Polícia Civil ainda não tem informações sobre o autor da agressão.

A moça curtia a passagem dos trios acompanhada da irmã Thaianna de Souza Valverde, na pipoca, onde ficam os foliões sem abadás. Dois homens que estavam no bloco "Eu Vou", comandado pela banda Aviões do Forró, se aproximaram e um deles teria assediado as mulheres.

Após ver a irmã sendo assediada, Ludmylla pediu para que os foliões se afastassem, porém, foi empurrada por um deles. A nutricionista revidou o empurrão e foi atingida no rosto por um copo acrílico arremessado pelo outro homem. A moça afirma que teve um corte da testa e chegou a desmaiar após ser atingida pelo copo.

A delegada Carmen Dolores Bittencourt, titular da 14ª Delegacia, que investiga o caso, afirmou que câmeras instaladas no circuito serão analisadas para tentar identificar os envolvidos no caso. Caso sejam identificados, os envolvidos poderão responder por assédio e lesão corporal, segundo ela.


Mulher agredida (Crédito: Divulgação)
Mulher agredida (Crédito: Divulgação)
Mulher agredida (Crédito: Divulgação)
Mulher agredida (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações do Uol