Mulher é agredida e morta após cobrar R$ 20 por relação sexual

Jurandi confessou o crime e foi preso em flagrante

Josenita de Jesus Santos, de 36 anos, foi espancada e morta dentro da própria casa, após cobrar por relação sexual, na Bahia. A vítima bebeu com o suspeito momentos antes do crime. Jurandi Pereira Santana, 26, prometeu pagar R$ 20 pelo sexo.

Após o ato sexual, a vítima cobrou o dinheiro, entretanto, o suspeito disse que não tinha o valor. Em depoimento a polícia, ele contou que a mulher pegou uma pedra e partiu para cima dele. O homem revidou e tentou asfixiá-la. Em seguida, começou a agredí-la com socos, bateu a cabeça dela na cômoda, na parede, na cabeceira da cama e no armário. A vítima teve traumatismo craniano e não resistiu aos ferimentos.

Populares denunciaram o crime e a polícia foi encaminhada para o local. Chegando lá, encontraram o homem bêbado em frente à casa de Josenita. Questionado pelos militares, o homem disse não ter percebido nada estranho no local, mas uma testemunha afirmou ter visto o homem dentro da casa da vítima. Posteriormente, Jurandi confessou o crime e foi preso em flagrante.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7