Polícia civil prende homem acusado de fraudar banco e lesar idosos

O acusado estava escondido em São Paulo desde o mês de maio.

Um homem de inciais  A.J.S foi preso pela Polícia Civil de Paulistana, a 461 km de Teresina, acusado de lesar idosos e fraudar o Banco do Nordeste do município.De acordo com a polícia, teria feito há alguns anos, um contrato de empréstimo com o Banco e falsificado assinatura de idosos.

O delegado Regional Otony Neto, responsável pelo caso, explica que o acusado, que é falsificava a assinatura para realizar empréstimos, se apresentou na sede da 12ª DRPC.

"O acusado se apresentou na sede da 12ª DRPC, graças aos nossos esforços, momento em que fizemos o interrogatório do mesmo, que não negou os fatos, de maneira que conseguimos localizar também material escrito do próprio punho do acusado, para futura confrontação e perícia grafotécnica", disse.

Otony Neto diz que o acusado teria feito há alguns anos, um contrato de empréstimo com o Banco do Nordeste, com a falsificação da assinatura dos idosos. "De início, não se visualizava requisitos autorizadores de prisão preventiva, de maneira que agimos com habilidade para conseguirmos a localização e apresentação do falsário", destacou. 

O suspeito, que estava escondido em São Paulo desde o mês de maio,  já responde por dois inquéritos: falsificação de assinaturas (em andamento), e outro por violência domestica contra a mulher (concluído). Ainda segundo o delegado, A.J.S teria  aplicado golpes na  zona rural de São Francisco de Assis, sua cidade natal.

Image title




Fonte: Com informações do FNNoticias