Polícia identifica acusados de atirar em policial na zona Leste

Soldado segue internado no HUT e seu estado de saúde é estável.

A Polícia Militar informou, neste sábado, dia 14 de maio, que já identificou os bandidos que atiraram no soldado Márcio, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), que foi baleado na região lombar, na esquina da Rua Professor Mário Batista, com Rua Oscar Gil Castelo Branco, no bairro São Cristóvão, na zona Leste de Teresina, na sexta-feira, dia 13. 

De acordo com informações do Comandante de Policiamento da Capital, Wagner Torres, os acusados foram identificados após verificação das câmeras de segurança que flagraram toda a ação. "O soldado [Márcio] fazia segurança de um restaurante e acabou sendo atingido pelos tiros. Nós verificamos as câmeras e a partir de agora iremos intensificar buscas para prender estes elementos", informou.

Ainda segundo Wagner Torres, dois homens em uma motocicleta saíram na Rua Mário Batista e se aproximaram do soldado Márcio e dispararam tiros contra ele, um atingiu a região lombar. Ele estava à paisana, na frente de um restaurante da região, onde presta serviços como segurança.

“Nós vimos pelas imagens, nas câmeras vídeo monitoramento da região, que o soldado estava no final da rua, à paisana, e quando os assaltantes chegaram na esquina dispararam vários tiros em direção a ele, o policial saiu correndo e os bandidos depois que atiraram, fugiram em uma moto”, acrescentou.

Os bandidos continuaram atirando, uma das balas atingiu o teto de um automóvel Fiat Uno, de placas LIW 1697, que estava estacionado na rua Mário Batista, em frente ao restaurante.

A  assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou, por telefone, que o soldado segue internado e seu estado de saúde é estável. 

Policial foi baleado no no bairro São Cristóvão
Policial foi baleado no bairro São Cristóvão



Fonte: Portal Meio Norte