Operação "Playboy" prende três de classe média por roubo

Operação "Playboy" prende três de classe média por roubo

Segundo delegado, suspeitos moram em condomínios de classe média. Um quarto procurado está internado em uma clínica de reabilitação

A Polícia Civil de Porto Alegre prendeu na manhã desta quarta-feira (22) três suspeitos de roubo de carros nos bairros Menino Deus e Petrópolis. Conforme o delegado César Carrion, da 2ª Delegacia de Polícia, os presos moram em condomínios de classe média, no Bairro Tristeza, na Zona Sul, e um deles foi detido em flagrante com a réplica de uma pistola e munições. Devido à condição financeira dos procurados, a operação foi chamada de "Playboy".

Os suspeitos foram reconhecidos por três vítimas que compareceram à delegacia. Elas também reconheceram a arma utilizada nos assaltos. "Três reconheceram, mas imaginamos que eles fizeram mais de 10 roubos. O problema é que muita gente deixa de denunciar", disse o delegado. Há ainda uma quarta pessoa procurada pela polícia, que está internada em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas. "Eles (presos) ainda não foram ouvidos, mas a suspeita é que roubavam porque têm envolvimento com drogas", acrescentou.


Polícia prende 3 por roubo no RS; suspeitos são de classe média

Conforme Carrion, os presos têm ligação entre si e foram apontados pelas vítimas como sendo os autores dos crimes, com isso, houve representação de prisão temporária de cinco dias a dois deles, um de 41 e outro de 25 anos, junto ao judiciário, que deferiu os pedidos. O homem que foi preso em flagrante pagará uma fiança. Todos eles trabalhavam. A polícia ainda investiga a participação deles em assaltos a lotéricas.

"O nome da operação se deu pelo fato de que todos os envolvidos são de classe média e residem com seus pais", concluiu o delegado.

Fonte: G1