Polícia realiza incineração de 5 toneladas de droga apreendia no PI

Foram trazidos para Teresina 300 sacos com 17 quilos cada um.

Na tarde desta terça-feira (28) o delegado Menandro Pedro, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), incinerou cerca de 5 toneladas da maconha apreendida no município de Miguel Leão. A incineração ocorre em uma cerâmica localizada na zona rural de Teresina.

Image title

De acordo com o delegado, essa quantidade é a maior apreensão de droga de todos os tempos na região Norte e Nordeste. Segundo ele, foram encontrados 50 mil pés de maconha em Miguel Leão.

“Temos uma equipe muito grande de policiais trabalhando no local que é extenso. Dentro do mato ainda estamos encontrando mais pés de maconha. O prejuízo dos traficantes está calculado em R$ 20 milhões de reais”, explica.

O delegado pediu agilidade para incineração devido à grande quantidade apreendida e para evitar uma possível interceptação por parte dos assaltantes. O juiz Carlos Augusto, de Monsenhor Gil junto ao Ministério Público do Piauí, autorizou a incineração. Na cidade de Miguel Leão está sendo incinerada a mesma quantidade de drogas.

Foram trazidos para Teresina 300 sacos com 17 quilos cada um. Além disso, os policiais também apreenderam carros e motos e realizaram a prisão do caseiro, além de material pronto para consumo que encontrava-se no local.

O delegado Matheus Zanatta afirma que toda a droga apreendida está avaliada em R$ 20 milhões de reais.

“Desde de ontem estamos trabalhando em parceira com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), e conseguimos trazer para Teresina uma quantidade de drogas avaliada em R$ 6milhões. Ao todo essa quantidade de droga apreendida está avaliada em mais de 20 milhões. Agora a investigação vai prosseguir e a polícia possui 30 dias para concluir o inquérito que poderá ser prorrogado por mais 30 e entregue  para o Ministério Público de Monsenhor Gil”, explica.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Flash Waldelúcio Barbosa 

Fotos: Luís Fernando

Fonte: Portal MN