Policiais envolvidos na morte de jovem negro em Baltimore são processados por homicídio

Os médicos só foram chamados quando a van que levava Gray chegou a uma delegacia. Ele foi levado às pressas para o hospital já sofrendo de parada cardíaca.

Image title

Os resultados da autópsia de Freddie Gray, jovem negro morto sob custódia policial na semana passada, foram encaminhados ontem para um procurador que ordenou a abertura de inquérito por homicídio contra os seis policiais presentes durante a sua detenção.

informações dão conta de que o médico legista que realizou a autópsia em Gray listou a causa de sua morte como decorrente de traumas no pescoço e na coluna vertebral.

Além disso, a procuradora do Estado, Marilyn Mosby, disse hoje que Gray portava uma faca dobrável legalizada, e não um canivete, como havia sido relatado pelos policiais.

Freddie Gray sofreu lesões fatais na medula espinhal depois de bater seu pescoço quando já estava algemado tanto nos braços como nas pernas, disse Mosby. Ela acrescentou que os policiais não forneceram ajuda médica ao jovem, embora ele tenha pedido diversas vezes.

Os médicos só foram chamados quando a van que levava Gray chegou a uma delegacia. Ele foi levado às pressas para o hospital já sofrendo de parada cardíaca.

Fonte: R7