Professora é encontrada morta em carro próximo a estação de metrô

O corpo da vítima foi encontrado com cerca de sete tiros

A polícia investiga a morte da professora de Geografia Priscila de Goes Pereira, de 38 anos. O corpo da vítima foi encontrado com cerca de sete tiros, dentro de um carro num estacionamento próximo à estação de metrô na Zona Norte do Rio.

Um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte da professora. A perícia de local foi realizada e o corpo, encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Agentes estão em diligências nas busca de testemunhas e imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar a autoria do crime.

A vítima costumava estacionar o veículo na rua todos os dias e, depois, pegava o metrô para ir ao trabalho. O crime teria sido cometido por um homem encapuzado, que foi visto fugindo a pé.

Priscila era divorciada e tinha uma filha de 7 anos. Formada em Geografia pela UERJ, atualmente, ela era membro do grupo de Pesquisa do Laboratório Estado, Economia e Território deesenvolvendo pesquisas na área do planejamento governamental sob a perspectiva do desenvolvimento territorial e regional.


Image title

Image title

Image title



Fonte: Com informações do Jornal Extra