Supeito de matar mestre de obras em Picos é encontrado morto

Ele ficou sabendo que seria investigado e cometeu suicídio.

Um dos suspeitos de participar da morte do mestre de obras Luís Antônio de Oliveira, 51 anos, morto em lixão de Picos, na última sexta-feira (20/11), foi encontrado morto por policiais militares na manhã desta terça-feira. 

Image title

O delegado responsável pelo caso, Madson Oliveira, informou que o suspeito, de nome Edinelson Manoel dos Santos, era vizinho da vítima e estava se preparando para deixar a cidade, já que ficou sabendo que passaria a ser investigado pelo homicídio. “Pouco tempo depois da chegada dos policiais à casa, ele foi informado de que a Polícia Civil gostaria de conversar com ele para saber se realmente estava com pretensões de ir embora”, disse o delegado.

De acordo com o delegado, Edinelson foi encontrado morto no quintal de sua própria residência. A suspeita é de que ele tenha cometido suicídio. "O senhor Edinelson ainda teve o trabalho de pegar seus documentos pessoais – identidade e carteira de uma empresa funerária – para facilitar o seu sepultamento”.

Madson explica que não havia nenhum pedido de prisão contra Edinleson Manoel dos Santos. "A polícia trabalhava nesse cidadão que cometeu esse suicídio, mas ainda não podemos descartar a possibilidade de haver outra pessoa, ou mais de uma, envolvida nesse crime. O certo é que a investigação está apenas começando e somente ao final apresentaremos a conclusão do inquérito”, afirmou. 

O crime

Luís Antônio de Oliveira, 51 anos, mestre de obra, foi encontrado morto na localidade Estrivaria no município de Picos.  Segundo informações da família, Luís saiu de casa por volta das 19h00 para fazer o pagamento dos trabalhadores de uma obra.

Image title

Mais tarde, a família recebeu a notícia de que haviam encontrado a Luís, morto, em um terreno baldio, utilizado para jogar lixo. Luís estava com mais de dez perfurações pelo corpo. O corpo ainda se encontra no necrotério do Hospital Regional Justino Luz.

A moto de Luís ficou no local, somente o dinheiro foi levado. A família crê em emboscada.

Fonte: Portal Meio Norte