Suspeito de esfaquear, estuprar mulheres e atacar menina é apedrejado e preso

Suspeito de esfaquear, estuprar mulheres e atacar menina é apedrejado e preso

Homem tem passagem por assalto e tráfico de drogas; uma das vítimas está em estado grave

Um homem foi preso na segunda-feira (24) suspeito de tentar estuprar uma menina de dez anos na região central de São Paulo. Antes de ser detido, ele foi apedrejado por populares. No dia anterior, o mesmo homem, que tem 45 anos, teria esfaqueado duas amigas no prédio onde moravam, em uma ocupação, na zona leste de São Paulo. Uma delas foi estuprada e está internada em estado grave no hospital.

Por volta das 15h de segunda-feira, a menina conseguiu fugir da tentativa de estupro dentro do Parque Belém, no centro de São Paulo. Ao localizarem o suspeito pela avenida Celso Garcia, populares começaram a apedrejar o homem. Ele foi levado ao hospital e identificado por policiais civis como o suspeito de outro crime ocorrido na noite de sábado (22).

Neste dia, ele tocou a campainha do apartamento da frente, na ocupação onde morava, na avenida Celso Garcia. Ali viviam duas mulheres, de 33 e 46 anos. Ele disse que precisava conversar sobre assuntos religiosos e elas abriram a porta.

Com uma faca, ele rendeu as duas mulheres e as levou à casa dele. As vítimas foram imobilizadas com fitas isolantes e esfaqueadas. Uma das mulheres foi estuprada e esfaqueada no pescoço, orelha e peito. Ela teve perfurações nos pulmões e está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Ermelino Matarazzo. A outra vítima foi ferida no pescoço e está em estado de choque. O estado de saúde dela é considerado estável. Ela apenas se comunica por escrita.

O suspeito está detido no 81º DP, onde o caso foi registrado. Ele já tinha passagem pela polícia por assalto a mão armada e tráfico de drogas.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: R7