Tio do goleiro Bruno é preso e faz companhia a sobrinho na cadeia

Ele repassava celulares para os detentos

O tio do ex-jogador Bruno Fernandes, foi preso suspeito de participar de um esquema de venda de celulares para detentos. Ele foi levado para a Penitenciária Nelson Hungria, onde o sobrinho cumpre pena pela morte da modelo Eliza Samudio

Image title

Marco Aurélio Rosa, de 43 anos, era agente penitenciário e repassava os aparelhos para os criminosos. Ele foi detido durante cumprimento de mandado. As investigações duraram três meses.

O ex-jogador foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por homicídio qualificado, sequestro e ocultação de cadáver. Em 2014, chegou a ser transferido para o presídio de Francisco Sá, no norte de Minas, por ter assinado contrato para jogar no Montes Claros Futebol Clube. Como não recebeu autorização judicial para participar dos treinos, voltou para a unidade prisional da Grande BH, que fica mais perto da casa da família.

Fonte: Com informações do R7