Ponte da Tabuleta será única permitida para carga pesada

A medida tem como objetivo controlar e fiscalizar os produtos

Três pontes ligam Teresina a Timon/MA, no entanto, apenas a Ponte da Tabuleta, localizada na zona Sul da capital teresinense, será utilizada para o tráfego de caminhões com carga pesada, isto é, acima de 10 toneladas.

A medida tem como objetivo controlar e fiscalizar a qualidade dos produtos de origem vegetal e animal que são transportados de Teresina a Timon ou vice-versa, evitando a comercialização de alimentos danificados e, ainda, melhorar no tráfego de veículos na Ponte Metálica e na Ponte da Amizade.

É o que garante Marcellus Alves, secretário de Fazenda do Maranhão.

"Nós temos que destacar que é uma portaria inédita entre Estados, Maranhão e Piauí, de forma parceira.

O que queremos, primeiramente, é a proteção da saúde da população e, de maneira secundária, controlar o trânsito de veículos em vista da preservação da estrutura das pontes, que não foram feitas para transporte de carga pesada", esclarece Marcellus Alves.

Segundo Antônio Santos, superintendente da Receita do Piauí, a Ponte da Tabuleta será permitida para o transporte de carga pesada, devido a estrutura que tem, com a equipe que fiscalizará os produtos a serem comercializados.

"A gente está orientando os veículos de grande porte a seguirem o caminho pela Ponte da Tabuleta. Lá tem técnicos para avaliar o produto e verificar se está adequado para alimentação. Por isso, a Ponte da Tabuleta é a ideal para o transporte de caminhões de grande porte", destaca.

Antônio Santos esclarece que, para que a medida seja respeitada, haverá vigias que orientarão os condutores quanto às mudanças. "Tanto na Ponte da Amizade como na Ponte Metálica terão vigias.

O caminhão que passar por elas, receberá orientações para seguir para a Ponte da Tabuleta. Não vai ter uma fiscalização para cobrar nada. Apenas os vigias direcionarão esses condutores a buscar o caminho ideal", esclarece.

A Superintendência da Receita do Piauí garante que, caso a medida seja desrespeitada por condutores, estes serão multados e devidamente penalizados por desrespeito a uma orientação legal.

Fonte: Virgínia Santos e Márcia Gabriele