Mulheres superam os homens em 61,4 mil no PI

O Piauí tem 3.119.015 habitantes, ou seja, 275.737 pessoas a mais que a ultima contagem do IBGE.

População do Piauí cresceu 9,7% em 10 anos

Agora é fato, Piauí está com 3.119.015 habitantes, isso corresponde a um aumento de 275.737 pessoas a mais que a ultima contagem geral da população realizada no ano 2000. O aumento populacional do Estado foi 9,7% no comparativo com o Censo anterior. A avaliação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é que a migração ainda é o ponto mais forte para o não crescimento em em algumas cidades. Ainda é comum piauienses saírem do Estado em busca por vaga de emprego.

O Censo 2010 mostra que o Piauí se constitui como um Estado urbano já que 65,77% de seus moradores residem na zona urbana, esse percentual é equivalente a um contingente populacional de 2.051.316 residentes. A zona rural ficou com os demais 34,23% restantes da população do Piauí, mesmo com percentual menor, ainda são 1.067.679 piauienses vivendo no campo. ?A tendência é um crescimento das zonas urbanas, principalmente por causa da infraestrutura oferecida nas cidades?, comenta o supervisor de informações do IBGE no Piauí, Pedro Soares.

A população do Estado está distribuída em 1.045.127 domicílios, tendo uma média de 3,7 moradores por cada residência. Essa média se mostrou menor, já que antes esse número girava em torno de 5 pessoas por residência. ?A redução de pessoas por domicílios se constitui em uma mudança de hábitos na população, já que agora também são menores os números de filhos, e as mulheres estão ocupando mais o mercado de trabalho?, relata o supervisor. Ele relata que o controle de natalidade é um exemplo claro.

Outro ponto que também faz parte das avaliações do Censo 2010 é o percentual de mulheres em detrimento dos de homens. E na guerra amistosa entre os sexos, a população do Estado foi considerada feminina, isso porque são 50,98% de mulheres habitando o território piauiense. Esse é um equivalente a 1.590.219. Já os homens que desta vez perderam a batalha estão com 49,02% da população, totalizando desta forma 1.528.796 habitantes. Desta forma são 614,23 mil mulheres a mais do que homens Essa razão confirma que são 96,1 homens para cada 100 mulheres.

As atividades do Censo 2010 iniciaram em agosto deste ano e duraram cerca de quatro meses entre recenseamento e supervisão dos dados. ?Esses indicadores são fundamentais para que as politicas institucionais sejam aplicadas e para que os recursos sejam distribuídos em conformidade com a população de cada cidade?, reitera Pedro Soares. Ele pontua também que as informações levantadas pela pesquisa são parâmetros para as reivindicações, inclusive da sociedade civil. (T.T.)

Miguel Leão ficou entre as 10 cidades menos populosas do país

O município de Miguel Leão, no sul do Piauí, é o município com menos habitantes do Estado são apenas, 1253 moradores no município. Miguel Leão está na lista daqueles municípios que tiveram decrescimento populacional, isso é confirmado quando se compara a contagem atual com a realizada em 2000. Naquele ano o município possuía 1370 habitantes, agora são 117 moradores a menos.

A cidade vai na contramão dos números piauienses, não só no decréscimo de população mas também no que compete ao percentual de homens e mulheres. Miguel Leão possui 52,43% de sua população de homens, sendo o restante de 47,57% de homens. A cidade com maio número de habitante foi a capital, Teresina, registrando um total de 814.439 habitantes.

As cidades brasileiras que entraram no ranking junto com Miguel Leão entre as cidades menos populosas são: Uru (SP), André da Rocha (RS), Cedro do Abaeté (MG), Novo Castilho (SP), Araguainha (MT), Oliveira de Fátima (TO), Anhanguera (GO), Serra da Saudade (MG), Borá (SP). Iniciado em 1º de agosto de 2010, os 191 mil recenseadores percorreram os 5.565 municípios brasileiros e as entrevistas implicaram no recenseamento da população por meio de três métodos: entrevista presencial, questionário pela Internet e, por fim, a estimação do número de moradores em domicílios fechados. (T.T.)

Migração ocasiona redução de população no Semiárido do Piauí

A seca e a questão do emprego sempre foram gargalos para os gestores municipais da região do semiárido piauiense. Por causa dessas problemáticas é comum a migração temporária de muitos moradores para a região Centro-Sul do país, em busca de empregos. Essa mudança em muitos casos acaba por ser definitiva. A maior parte das cidades piauienses que tiveram redução na população estão localizadas nesta região e esses indicativos só confirmam a variação negativa da população.

?Isso foi constado pelo recenseadores depois que eles visitavam os domicílios e aplicavam os questionários, quem respondia as perguntas relatava que o morador estava morando em outro estado justamente porque estava a trabalho mas que voltaria?, relata o supervisor de informações, Pedro Soares. Nesses casos o registro do morador era feito no município piauiense, mas ele ressalta que os retornos não são frequentes, o que pode acarretar em distorções dentro da pesquisa. (T.T.)

As cinco cidades mais populosas

Cidade habitantes em 2010 2000

Teresina ------ 814.439 715.360

Parnaíba ------ 145.729 132.282

Picos -------- 73.417 68.974

Piripiri ----- 61.840 60.154

Floriano ---- 57.707 54.591

As cinco cidades menos populosas

Cidade Habitantes em 2010 2000

Miguel Leão ----- 1253 1370

São Miguel da Baixa Grande --- 2113 2030

Aroeira do Itaím ----- 2442 Não Emancipado

Floresta do Piauí ----- 2482 2416

Porto Alegre ----- 2559 2421

Dados Gerais sobre os domicílios piauienses

Total de domicílios particulares 1.043.538 domicílios

Total de domicílios particulares ocupados 845.680 domicílios

Total de domicílios particulares não-ocupados fechados 4.275 domicílios

Total de domicílios particulares não-ocupados de uso ocasional 72.397 domicílios

Total de domicílios particulares não-ocupados vagos 121.186 domicílios

Total de domicílios coletivos 1.589 domicílios

Total de domicílios coletivos com morador 652 domicílios

Total de domicílios coletivos sem morador 937 domicílios

Taxa média de crescimento anual: 0,93%

Percentual das cidades que mais cresceram em 10 anos (Ordem Alfabética)

Cidade ----- Acréscimo

Acauã - 31,12

Anísio de Abreu ? 26,90

Baixa Grande do Ribeiro - 35,18

Bela Vista ? 27,5

Belém do Piauí ? 35,20

Bom Jesus ? 42,13

Cajazeira ? 25,35

Caracol ? 27,01

Caxingó ? 21,51

Colônia do Gurguéia ? 20,41

Cristâlandia ? 20,61

Francisco Macêdo ? 23,19

Francisco Santos _ 22,38

Marcolândia ? 26,42

Murici dos Portelas ? 32,77

Pedro Laurentino ? 20,38

São Francisco de Assis ? 46,48

São Gonçalo do Gurguéia ? 21,66

São João do Arraial ? 27,96

São Raimundo Nonato ? 20,29

Sussuapara ? 23,66

Percentual das cidades que perderam população em 10 anos (Ordem Alfabética)

Cidade ---------- Decréscimo

Altos ? 0,76

Angical do Piauí ? 1,74

Betânia do Piauí ? 30,38

Brejo do Piauí ? 3,36

Barro Duro ? 2,62

Barra D"Alcantara ? 6,21

Canavieira ? 4,67

Castelo do Piauí ? 0,01

Conceição do Canindé ? 8,97

Domingos Mourão ? 0,49

Elesbão Veloso ? 3,35

Flores do Piauí ? 0,09

Francinópolis ? 0,46

Francisco Ayres ? 14,38

Guadalupe ? 0,39

Guaribas ? 8,58

Jerumenha ? 2,92

João Costa ? 2,15

Landri Sales ? 6,17

Miguel Leão ? 8,54

Milton Brandão ? 1,88

Morro Cabeça no Tempo ? 8,09

Nazaré do Piauí ? 6,12

Novo Oriente do Piauí ? 3,88

Padre Marcos ? 7,34

Paes Landim ? 2,99

Palmeira do Piauí ? 3,96

Pavussu ? 7,73

Prata do Piauí ? 1,03

Riacho Frio ? 1,92

Santa Rosa do Piauí ? 1,42

São Félix do Piauí ? 9,66

São Francisco do Piauí ? 0,87

São João da Serra ? 7,76

São José do Peixe ? 3,27

São José do Piauí ? 1,46

São Julião ? 0,40

São Miguel do Fidalgo ? 0,50

São Miguel do Tapuio ? 3,50

Sebastião Barros ? 21,33

Socorro do Piauí ? 3,14

Várzea Branca ? 5,57

Várzea Grande ? 3,11

Fonte: Thays Teixeira - Jornal Meio Norte