Por ciúmes, homem se amarra a enteada em árvore e explode dinamite

Testemunhas afirmam que Joaquim tinha ciúmes da jovem

Joaquim Lourenço da Luz, 47 anos, matou Loanne Rodrigues, de 19 anos, e se suicidou em seguida com uma dinamite. O crime chocou os moradores no interior de Goiás.

A ação do homem foi premeditada, segundo a Polícia. Ele se amarrou em uma árvore junto com a enteada e detonou uma banana de dinamite entre os dois.

O padrasto convidou a enteada para sair e tirar fotografias e, dias depois, foram encontrados mortos, amarrados e amordaçados.

Testemunhas afirmam que Joaquim tinha ciúmes da jovem e queria controlar a vida da garota.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7