Por pirataria, magnata dono do Megaupload vai continuar preso

Por pirataria, magnata dono do Megaupload vai continuar preso

Um juiz neozelandês rejeitou nesta quarta-feira o pedido de libertação sob fiança de Kim Schmitz.

O fundador do site Megaupload.com, detido em Nova Zelândia a pedido do FBI que o acusa de pirataria em massa, permanecerá na prisão até o próximo exame do pedido de extradição dos Estados Unidos, em 22 de fevereiro, decidiu nesta quarta-feira a justiça neozelandesa.

Um juiz neozelandês rejeitou nesta quarta-feira o pedido de libertação sob fiança de Kim Schmitz, o "Kim Dotcom", um alemão de 38 anos detido na sexta-feira com outros três chefes do Megaupload.

"Graças à determinação e aos recursos financeiros (de Schmitz), existe um certo risco de que fuja", declarou o juiz David McNaughton em um veredicto por escrito.

Só em 2010, Kim Schmitz teria ganhado 42 milhões de dólares graças a suas atividades na internet, segundo as autoridades americanas.

O imponente empresário apareceu em plena forma na saída do tribunal, saudando seus admiradores que se reuniram do lado de fora.

Fonte: UOL