Por promessa, 30 romeiros vão a pé de Teresina para Santa Cruz

A romaria iniciou no último sábado e a previsão de chegada é dia 16

Uma  promessa realizada por um devoto de Santa Cruz dos Milagres, leva um grupo de aproximadamente 30 pessoas a fazer uma romaria a pé de Teresina ao municipio de Santa Cruz dos Milagres.

A peregrinação iniciou na tarde do último sábado dia  9, com previsão de chegada dia 16, a promessa foi feita por Ulisses Pereira da Silva rogando a Santa Cruz que recuperasse a saúde de seu irmão Assis Pereira da Silva, que estava na UTI “entre a vida e a morte” com uma grave infecção pulmonar e estava praticamente desenganado; Ulisses então prometeu que faria a pé o percurso entre a capital piauiense e Santa Cruz dos Milagres, levando uma réplica da imagem que é o símbolo da cidade. E assim está fazendo.

Além de estar acompanhado por muitos amigos e familiares, onde passa chama atenção dos admiradores, e muitos romeiros passam a seguir a romaria.

Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres

Sâmio Falcão, primo de Ulisses e Assis, conta que junto com o grupo seguem dois carros de apoio, que levam todos materiais alimenticios e pessoais dos romeiros, e que a previsão de chegada é no próximo sábado (16) as 17h, e ao chegar à cidade, eles deixarão no novo santuário do município a réplica da imagem considerada milagrosa. O grupo fará ainda uma procissão até o local onde se encontra a Divina Santa Cruz e após a missa do domingo o grupo retorna a Teresina de carro.

Para que não conhece o municipio de Santa Cruz dos Milagres, a cidade possui hoje a maior igreja de todo o estado, com capacidade para receber 3,5 mil fieis, tem em seu surgimento uma história de fé e milagres. Diz a lenda que um profeta chegou à cidade em um período desconhecido e, a um vaqueiro da cidade, deu a missão de cavar um buraco no alto de um morro, onde ficaria fincada a imagem da Santa Cruz  - e onde hoje existe o antigo santuário da cidade. Feito isso, o profeta mostrou ainda um olho d´água abaixo do morro, que o vaqueiro, mesmo sendo nascido e criado na região, não conhecia. O profeta anunciou que o local seria fonte de milagres e, depois disso, desapareceu. O vaqueiro lembrou-se do ocorrido somente quando viu-se com sua filha muito doente. Levou a menina à Santa Cruz e deu-lhe banho e de beber das águas anunciadas como milagrosas. Conta a lenda que, já de volta à casa, a menina estava curada. Hoje, o local recebe cerca de 200 mil peregrinos de todo o Brasil anualmente. A imagem atrai milhares de fieis ao local, principalmente, para cumprir promessas pela cura de graves doenças.


Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres
Romeiros vão a pé de Teresina a Santa Cruz dos Milagres


Fonte: Portal MN