Prazo para recadastramento do Bolsa família termina dia 31

Quem não atualizar seu cadastro até o último dia deste mês, terá o benefício bloqueado por três meses até a regularização.

As famílias beneficiadas com o programa bolsa família, tem até o dia 31 de outubro para efetuar o recadastramento. Um total de 4.022 famílias, na cidade de Teresina, ainda precisam atualizar os dados. O recadastramento acontece a cada dois anos e tem como objetivo observar se as famílias estão cumprindo as condicionalidades, que são requisitos para continuarem recebendo o benefício. Cerca de 14 mil famílias já buscaram os Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) para preencherem o formulário de atualização.

De acordo com o gerente de benefícios da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social, Getúlio Gomes, quem não atualizar seu cadastro até o último dia deste mês, terá o benefício bloqueado por três meses até a regularização. Depois disso, se persistir a falta de atualização a pessoa é excluída do programa. ?Desde o início do cadastramento, em janeiro deste ano, os beneficiários recebem um aviso da necessidade de recadastramento no extrato do benefício. Elas estão informadas da necessidade da atualização dos seus dados?, informou.

As informações que devem ser atualizadas giram em torno da renda dos membros da família, sobre a escola que estão estudando. ?A meta é verificar como estão vivendo essas pessoas?, lembra a secretária da SEMTCAS, Graça Amorim.

Graça Amorim ressalta que nem todas as famílias que recebem o benefício precisam se recadastrar. ?São somente aquelas que estão há mais de dois anos sem atualizar os seus dados e que receberam um comunicado da Prefeitura de Teresina?, diz.

A secretária destaca também a parceria entre órgãos da prefeitura no acompanhamento das condicionalidades. ?Para o acompanhamento da Condicionalidade Educação, é mantida uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação com o objetivo de reduzir a quantidade de alunos não localizados e de alunos sem informação no Projeto Presença. Para o acompanhamento da Condicionalidade Saúde, foi realizado um trabalho em conjunto com a Fundação Municipal de Saúde na inserção das informações dos mapas de acompanhamento das famílias no Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional, o SISVAN?, diz Graça Amorim.

Fonte: Secretaria de Comunicação de Teresina