Prefeito de Matias Olímpio diz que não consegue negociar com a Eletrobrás

Prefeitura teve energia cortada pela empresa

O prefeito da cidade de Matias Olímpio, Edísio Alves Maia, em entrevista ao Portal Meio Norte por telefone, falou sobre o corte no fornecimento de energia feito pela Eletrobrás no prédio da prefeitura daquele município.

Segundo ele, herdou uma dívida de mais de 1 milhão de reais da gestão anterior e que não pode pagar todo o débito existente, alegando ser inviável para a receita do município. " Tentei negociar várias vezes com a Eletrobrás, mas não chegamos a um acordo. Consegui através de uma liminar na justiça, o restabelecimento da energia ao prédio da prefeitura", disse Edísio.

Ele ainda afirmou que ao assumir a prefeitura de Matias Olímpio, não teve acesso às contas da gestão passada e a Eletrobrás também não consegue fornecer esse relatório com os débitos. " Eu não me nego a pagar, mas se não negociar a situação vai ficar inviável", disse o prefeito.

Fonte: Marcos Moraes