Prefeitura de Batalha realiza "dia D" de combate à dengue e à chikungunya

. A coleta de lixo e entulhos é essencial para evitar focos desses mosquitos.

No próximo dia 20, a Prefeitura de Batalha, através da Secretaria Municipal da Saúde, irá promover o “dia D” de combate à dengue e à febre chikungunya. A ação será realizada durante todo o dia e contará com um verdadeiro batalhão de 70 profissionais.

A ação consiste na orientação da comunidade, distribuição de materiais educativos e sacos apropriados para recolhimento de potenciais focos do mosquito aedes aegypti. “As equipes, formadas por profissionais da saúde e agentes comunitários, irão visitar cada casa, orientando a população de Batalha sobre os cuidados que devemos ter para evitar as doenças”, explica Tânia Penafiel, secretária municipal de Saúde.

Durante todo o dia, a Prefeitura de Batalha vai realizar, em vários pontos da cidade, coleta de lixo e entulhos. Assim como a dengue, a febre chikungunya é uma doença transmitida pela picada do mosquito aedes aegypti infectado e, também, pelo mosquito aedes albopictus. A coleta de lixo e entulhos é essencial para evitar focos desses mosquitos.

Teresinha Lages, prefeita de Batalha, destaca a importância da participação da população. “A Prefeitura de Batalha está intensificado as ações de combate a essas doenças, mas a participação da população batalhense é primordial, já que a maioria dos focos se encontram nas residências”, alerta a prefeita.

Para combater as doenças, é preciso tomar medidas semelhantes, como verificar se a caixa d’água está corretamente tampada ou vedada, não acumular água parada e colocar areia nos pratos dos vasos de planta. Os sintomas também são semelhantes: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Contudo, o vírus da febre chikungunya avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.

Fonte: Assessoria