Prefeitura de Teresina prorroga prazo de revisão cadastral do Bolsa Família

A revisão é feita voluntariamente a cada dois anos, tendo como base mudanças socioeconômicas na estrutura familiar que poderão afetar o cancelamento do benefício caso não sejam informado.

A Prefeitura de Teresina por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (SEMTCAS) informa aos beneficiários do Bolsa Família, que foi prorrogado até o dia 16 desse mês, o prazo para revisão cadastral voltado às famílias que ainda estão com as informações e dados desatualizados.

As famílias que ainda não realizaram o procedimento devem dirigir-se até o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) à qual é referenciada, a partir das 8h da manhã, levando a relação de documentos exigida (ver abaixo).

O Governo Federal tem informado por meio do extrato de pagamento dos beneficiários, mas a lista com relação das famílias que ainda precisam atualizar seus dados está disponível no Portal do MDS, na página do Programa Bolsa Família.

A revisão é feita voluntariamente a cada dois anos, tendo como base mudanças socioeconômicas na estrutura familiar que poderão afetar o cancelamento do benefício caso não sejam informados, no caso do nascimento de mais algum filho na família, quando houver mudança de escola, alteração no endereço residencial ou qualquer informação relevante. “A intenção do Governo Federal com a revisão cadastral é verificar se as famílias beneficiárias estão no perfil pra continuarem recebendo o benefício”, esclarece a Gerente de Programas de Renda Mínima e Benefícios da SEMTCAS, Luiza de Marilac.

As famílias que deixarem de atualizar o cadastro perderão o direito de continuarem a receber o benefício, e este será bloqueado no mês de fevereiro. “É importante que atualizem, pois depois de bloqueado fica mais complexo o processo de desbloqueio, que só poderá ser feito através do governo federal”, explica a gerente, relatando ainda que caso o benefício seja bloqueado o beneficiário perde também o direito de receber outros benefícios como o Minha Casa Minha Vida, isenção de taxas de concursos dentre outros.

Em Teresina, até dezembro do ano passado cerca de duas mil famílias ainda estavam com cadastros desatualizados, à secretaria tem somado esforços para diminuir esse número. “Em junho foi lançado uma lista com mais de oito mil famílias em situação de irregularidade, ou com informações desatualizadas, e já conseguimos atualizar mais de seis mil. Temos feito o possível para esclarecê-laS da importância desse procedimento”. completa Luiza.

Documentos Necessários

DOCUMENTAÇÃO ORIGINAL de todos que moram no domicílio

Adultos a partir de 18 anos

Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho, Certidão de Casamento ou Divórcio, Certidão de Nascimento, e Comprovante de Endereço com CEP.

Crianças de 0 a 06 anos

Certidão de Nascimento e nome do Posto de Saúde em que é acompanhado

Crianças e Adolescentes de 06 a 17 anos

Certidão de Nascimento e Declaração da Escola com n° do INEP.

Fonte: Prefeitura de Teresina