Prefeitura de Teresina recolhe pneus para combater o Aedes aegypti

Até novembro de 2015 foi registrado o recolhimento de quase 200 mil

Quando expostos ao ar livre, pneus velhos são considerados objetos propícios à reprodução do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Seu monitoramento deve ser constante, e por isso a Fundação Municipal de Saúde mantém serviços de recolhimento deste material, bem como realiza fiscalização de borracharias e outros locais.

Dois caminhões, além dos carros de supervisão dos agentes de endemias, percorrem diariamente vias, logradouros públicos e pequenas borracharias para recolher este material. “É comum as pessoas abandonarem pneus em vias públicas, e tendo em vista sua importância como potencial criadouro, devemos ter atenção especial a este trabalho”, explica Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da FMS.

 De acordo com Oriana Bezerra, até o novembro de 2015 foi registrado o recolhimento de quase 200 mil pneus na capital. O material é encaminhado para uma empresa que tem convênio com a Prefeitura de Teresina, que fará sua reciclagem. "Esse trabalho é contínuo, tendo em vista que a dengue deve ser combatida durante todo o ano e não apenas em período chuvoso", lembra Oriana.

Além disso, a Gerência de Zoonoses monitora constantemente os chamados Pontos Estratégicos (PE), que inclui não só borracharias como também sucatas, hortas comunitárias, cemitérios e até imóveis abandonados, desde que concedido acesso aos agentes de endemias. Atualmente, Teresina tem mais de 1.200 pontos considerados estratégicos pela FMS em diversas zonas da cidade.

Os agentes de endemias realizam visitas a cada 15 dias aos PE, monitorando eventuais acúmulos de água e postura dos ovos do Aedes aegypti. “Lá, os agentes fazem uso de larvicida e também do UBV, que é uma máquina pulverizadora de inseticida”, conta Oriana. “Além disso, fazemos um trabalho educativo com os proprietários, com orientações e esclarecimento de dúvidas”, complementa.

A população pode colaborar informando a Gerência de Zoonoses sobre imóveis abandonados, terrenos baldios e outras áreas com potencial risco de desenvolver criadouros do Aedes aegypti. Basta telefonar para a Gerência de Zoonoses da FMS pelos telefones 3215-9143, 3215-9149 e 3215-7789, ou pelo disque dengue: 0800 286 0007. O serviço funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Pneus recolhidos  (Crédito: Divulgação )
Pneus recolhidos (Crédito: Divulgação )
Fonte: Com informações do Assessoria