Prefeitura lança Selo Verde ‘Área Livre do Aedes’ durante evento

Essa é uma nova campanha.

A Prefeitura de Teresina realizou na manhã desta sexta-feira (19) o Dia D de Mobilização da Educação contra o Aedes aegypti na Escola Municipal Manoel Paulo Nunes. Durante o evento, o prefeito Firmino Filho lançou o Selo Verde “Área Livre do Aedes aegypti”.

“Essa nova campanha do Selo Verde vem para inovar e certificar aqueles locais que se encontram livres de focos do Aedes aegypti. Os prédios públicos serão inspecionados por agentes de endemia e receberão o selo, caso o local esteja protegido do mosquito. Vamos começar pelos prédios públicos, depois iremos dar o selo para as residências que se mantiverem limpas e longe de focos desse mosquito, que mudou o jogo. Antes ele causava a dengue, hoje compromete gerações através do zika vírus, que está associado a casos de microcefalia em bebês”, disse o prefeito Firmino Filho.

Ele certificou a Escola Municipal Manoel Paulo Nunes como área livre do Aedes aegypti e entregou o Selo Verde para a diretora da unidade, Janaína Oliveira. “Estamos muito contentes por termos conseguido o Selo Verde ‘Área Livre do Aedes aegypti’. Temos muito cuidado com a limpeza local para evitar focos do mosquito. Esperamos também que nossos servidores e alunos sejam multiplicadores junto à comunidade para combater a dengue”, falou Janaína Oliveira. 

“Em Teresina já foram notificados mais de 40 casos de microcefalia associados ao zika vírus. Não queremos nosso futuro comprometido. Temos um grande desafio em aberto em todo o país. É necessário que todos nós possamos fazer o que os técnicos em vigilância em saúde nos ensinam, evitando os focos de mosquito”, enfatizou Firmino Filho.

Toda a comunidade escolar foi chamada para ajudar no processo de conscientização no combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e Chikungunya. “De cada dez depósitos de água para consumo humano no Brasil, sete estão servindo de criadouros para o mosquito. Devemos ficar atentos aos pequenos detalhes em nossas residências, locais de trabalho e espaços públicos. Qualquer recipiente, por menor que seja, pode acumular água e ser foco”, explicou Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), durante palestra concedida na atividade de hoje.


Firmino Filho lança Selo Verde  (Crédito: Assessoria )
Firmino Filho lança Selo Verde (Crédito: Assessoria )
Fonte: Com informações da Assessoria