Prêmio Piauí Inclusão Social: Cursos profissionalizantes garantem desenvolvimento

Prêmio Piauí Inclusão Social: Cursos profissionalizantes garantem desenvolvimento

/Desde aulas de dança até cursinhos pré-vestibular. Os cursos oferecidos pela Rede Talita têm dado suporte ao trabalho de reconstruir a vida social

Quando Sandra Mara chegou ao bairro Cidade Leste há 10 anos para desenvolver um projeto acadêmico, deparou-se com uma realidade que não fazia sentido para ela: jovens mulheres em situação de vulnerabilidade social tinham o futuro desperdiçado pelas drogas, abuso familiar e falta de perspectiva na escola. Desanimadas, elas aceitavam as dificuldades da vida e permitiam que os dias passassem sem acreditar que os momentos difíceis um dia iriam passar.

Foi quando Sandra sentiu que precisava fazer algo para transformar o universo daquelas jovens, que mesmo morando na capital do Estado, possuíam uma vida estagnada que pouco lembra o dia a dia das adolescentes de Teresina. A vontade de ajudar essas garotas fez nascer a Rede Talita de Educação e Desenvolvimento Humano, que contou com a ajuda de um casal de missionários do Rio Grande do Sul em seus primeiros momentos.

Suas primeiras ações visavam atender jovens adolescentes do sexo feminino para que elas pudessem produzir algo, obter alguma renda e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida. No início foram oferecidos cursos de artes manuais, como: bordado em ponto cruz, vagonite e bordado de fita. Depois vieram os cursos de confecção de bonecas, roupas íntimas, embalagens, ímãs de geladeira, roupas de bebê, chaveiros, velas, doces, entre outros.

Mas a realidade latente de crianças em dificuldades sociais que habitavam a vila fez com que Sandra expandisse os trabalhos da rede. Após a reconfiguração, a associação abriu os braços para toda a juventude da vila e hoje desenvolve um trabalho que dá novas perspectivas de um futuro feliz para crianças, adolescentes e jovens.

Somente em 2013, Sandra, o marido, as filhas e uma pequena equipe realizam mais de 200 atendimentos dos mais variados tipos, indo de atividades lúdicas para crianças a pré Enem para os mais velhos.

"Não podíamos ficar parados, assistindo o desenrolar da vida dessas pessoas. Tínhamos muitos casos de crianças que sofriam abuso dos padrastos, mães que acabavam se ausentando da criação dos filhos por causa das longas jornadas de trabalho e crianças que passavam o dia nas ruas e não realizavam nenhuma atividade para ocupar o tempo. Poderíamos fazer algo a respeito e fomos à luta", conta Sandra.

De jovens desamparados, eles se transformaram em criaturas cheias de amor para dar e um futuro promissor. O semblante triste das crianças deu lugar a pequenos pontos cheios de vida e a gravidez precoce, drogas e abuso nos adolescentes virou coisa de um passado distante que eles já nem lembram mais.

Rede Talita visa formação de valores


Prêmio Piauí Inclusão Social 2013: Cursos profissionalizantes garantem desenvolvimento social

Galgando a transformação social da juventude, a inserção destas pessoas em uma realidade onde escola, trabalho, família e felicidade são os ingredientes principais, a Rede Talita investe pesado na formação de valores de todos os assistidos. Lá eles assistem palestras sobre os problemas urbanos que devem se manter afastados, além de participar de oficinas, gincanas e jogos desenvolvidos especialmente para eles.

Como forma de extensão da educação, a Rede Talita oferece o estudo do Evangelho em dois dias da semana. A deficiência de valores financeiros é convertida em bônus espiritual, pois a alma dos jovens sai alimentada e pronta para os desafios que a vida impõe a eles.

Para melhorar a situação das mães do bairro, as almas caridosas da Rede Talita oferecem cursos profissionalizantes para as mães, que contam com novas possibilidades de elevar a renda e fornecer num futuro melhor para sua família. Os pais também podem aproveitar benefícios como cursos voltados para aquela realidade, tendo assim a capacidade de dar a volta por cima e ser protagonistas do próprio destino.

Como resultado, toda a família do bairro Cidade Leste abraça a atitude abençoada de Sandra e confia seus filhos sem o menor receio à Rede Talita, que forma valores na vida de quem entra por aquelas portas e sai de lá mudado, com um futuro brilhante pela frente.

Dar os primeiros passos no mundo contemporâneo não é fácil, por isso a Rede investe pesado na transformação social de todas as pessoas assistidas em sua sede. Para conquistar os adolescentes, a Rede instituiu o projeto ?Baixinho Bom de Bola?, que oferecia aulas de futebol para os adolescentes.

Em seguida, a associação passou a oferecer aulas de dança clássica e coreografia, além de um projeto de evangelismo para as crianças, que adoram as aulinhas de catequese. ?Adoro vir e corro para cá sempre que vejo os portões se abrindo. Aqui a gente brinca, se diverte, aprende coisas novas e percebe o que precisamos fazer para ser pessoas melhores?, fala a pequena Ângela Maria, de 13 anos.

Como o objetivo principal é contribuir para a melhoria da qualidade de vida desses adolescentes a torná-los protagonistas de sua história, o passo seguinte foi a preparação dos adolescentes para o mundo do trabalho através da realização de cursinhos pré-vestibular, hoje conhecidos como pré-Enem. A iniciativa provou ser acertada e dos 25 alunos matriculados ano passado, 13 conseguiram aprovação no vestibular.

O jovem Edielson Lopes, de 23 anos, passou para Licenciatura em Física e só tem palavras de afeto para agradecer o apoio recebido na Fundação Talita. Ele soube do curso pelo boca a boca positivo na comunidade e decidiu tentar a sorte. Sua primeira matricula foi em 2010, mas infelizmente não gerou resultados. Ele não desanimou e continuou tentando até lograr aprovação ano passado.

?As aulas são muito boas, os professores são de alto nível e bem instruídos. Agradeço demais a essa iniciativa, pois foi graças a eles que pude enxergar um futuro melhor para mim. Agora posso estudar meu curso superior e quem sabe tentar carreira acadêmica, fazer mestrado e doutorado. Tudo isso graças a ajuda que recebi aqui na Rede Talita?, fala.

Rede busca parcerias e doações

Sandra lembra que quando eles chegaram ao bairro Cidade Leste, as ruas sequer tinham calçamento e o terreno que abriga a fundação foi cedido graças a uma doação da FUNPESQ. ?Se você viesse aqui há 10 anos atrás, encontraria cobras, onça e animais selvagens. Fizemos uma verdadeira transformação física e social na área?, conta o pastor Fernando César de Aguiar, marido de Sandra e ajudante ferrenho da fundação.

O projeto nasceu no coração da Igreja Batista, movido pelo amor no coração de cada membro e tem na evangelização parte fundamental de sua história. ?O projeto Mensageiros e Embaixadores estuda a Bíblia Sagrada aos finais de semana e toca a vida das crianças e adolescentes, pois eles percebem que podem ascender na vida material graças a Jesus?, fala Fernando.

Para continuar mudando a vida da juventude carente do bairro Cidade Leste, a Rede Talita busca parcerias e doações. A fundação era ajudada por uma entidade americana até ano passado, mas eles cessaram o investimento porque redimensionaram a ajuda para países da África. Eles pretendem abranger ainda mais segmentos sociais necessitados, mas precisam da ajuda de pessoas dispostas a vestir a camisa e ajudar os que precisam.

A Rede Talita de Educação e Desenvolvimento Humano está localizada na Rua Pardal, 5861 no bairro Vila Cidade Leste, em Teresina.

Fundação se renova a cada ano


Prêmio Piauí Inclusão Social 2013: Cursos profissionalizantes garantem desenvolvimento social

Sempre trazendo novas maneiras de conquistar mais pessoas necessitadas, a Fundação Talita se renova a cada ano. A motivação gerada pelos resultados positivos faz que os membros da fundação tenham vigor em lutas a cada dia pela melhoria de vida daquelas pessoas. Segundo Sandra, a criadora do projeto, o público da região acolhe muito e toda novidade é motivo para o envolvimento da comunidade em um verdadeiro mutirão social.

Poder ajudar na constituição moral dos menos afortunados é uma bênção para todos que constroem a Rede Talita.

Eles vestem a camisa e se doam pela causa. A novidade deste ano é a construção da cozinha e refeitório, feitos para a realização de cursos de gastronomia para as mães carentes, além da realização de sopões para os menos afortunados.

Sandra planeja instituir o projeto Mãe Coruja, que servirá de lar para crianças e adolescentes que não podem contar com as mães que trabalham no período noturno. Eles concluíram recentemente a construção de uma sala que realizará atendimentos psicológicos, psicopedagógicos e de fonoaudiologia. O gabinete odontológico foi construído e eles aguardam apenas parcerias para realizar atendimentos gratuitos de dentista para a comunidade.

Fonte: Olegário Borges