Presa, Coelhinha da Playboy pede futilidades e revolta detentas

Ao reivindicar, Angie Vu foi chamada de 'folgada' e 'fútil'

A modelo e DJ vietnamita Angie Vu foi presa em novembro de  2015 e está encontrando dificuldades em se adaptar sem a vida luxuosa que levava antes. Ela concedeu uma entrevista ao "New York Daily News" e relatou alguns problemas enfrentados por ela.

Na entrevista, Angie Vu, que está presa com mais 100 detentas, reclama muito do local. "Esse lugar é muito horrível, não tem luz do sol nunca. Eu tenho estado o tempo todo trancada e fiquei pálida. Eu preciso de maquiagem e um bom estoque de hidratantes da Guerlain aqui dentro. Eu sinto falta dos meus vestidos da Versace e meus saltos Louboutin. Minhas unhas estão bem cortadas, mas estou morrendo para ver alguma cor nelas", disse.

Outra reclamação é o fato de não se ter espelhos "de verdade"na prisão. "Nós compramos esses pedaços de plástico, mas as imagens são distorcidas. Eles deveriam ter pelo menos um espelho de corpo inteiro na prisão, eu não me vejo há meses. É cruel", declarou.

As outras detentas que souberam das reclamações de Angie Vu ficaram revoltadas e disseram que a modelo era "folgada" e "fútil". 

Angie foi presa no Aeroporto internacional de Nova York ao tentar embarcar com sua filha de 9 anos para China. Ela foi acusada de "sequestro parental" e agora deseja que não seja extraditada. 

Segundo a reportagem, o pai da criança teria conseguido guarda total da filha após usar fotos sensuais de Angie para convencer o tribunal francês de que ela trabalhava como estrela pornô. Depois disso, ela deveria ter ido até a França entregar a criança ao pai em janeiro de 2016, mas não o fez.


Angie Vu está presa desde novembro do ano passado
Angie Vu está presa desde novembro do ano passado


Fonte: ig