Qualidade da energia tem melhorado, afirma Eletrobras

Qualidade da energia tem melhorado, afirma Eletrobras

Uma audiência pública foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 17, com os parlamentares das Assembleia Legislativa e Câmara de Vereadores

Uma audiência pública foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 17, com os parlamentares das Assembleia Legislativa e Câmara de Vereadores de Teresina. O presidente da Eletrobras Piauí, que mora no Rio de Janeiro, Marco Aurélio Madureira, discorreu sobre problemas de fornecimento de energia elétrica no Piauí, investimentos, extensão da rede, Programa Luz para Todos, custeio e serviços deficientes no Estado.

Enquanto isso, as reclamações eram enormes por parte das pessoas de comunidades que estavam presentes e que se sentem prejudicadas pela má qualidade do serviço prestado pela Eletrobrás.



?Nós estamos há mais de 10 anos levando reivindicações para a Eletrobras e não somos atendidos. Porque eles fazem o projeto, mas nunca foi feito nada. Até hoje quem mora do lado da Avenida Egídio Mota puxa energia do Renascença. Quem mora do lado do Parque Poty pega de lá, mas quem fica no meio, todos são gambiarras?, declara uma das representantes de comunidades quem tem serviço de distribuição de energia deficiente ou inexistente.

?Tá com cinco dias que a gente está sem energia na minha comunidade por falta de um transformador e o presidente da Eletrobras manda os carros só que não resolve o problema. Enquanto não colocar o transformador, aquela área da Grande Santa Maria e adjacências vai estar no apagão. Lá tem crianças, pequenos comerciantes que precisam vender seu frango e refrigerantes para sobreviver e sem luz elétrica é impossível?, reclama a moradora da região afetada.

O presidente da Eletrobras, Marco Aurélio Madureira, reconheceu as dificuldades e deficiências. Chegou até mesmo a culpar tempestades, relâmpagos e condições do tempo como um fator que tem contribuído com as oscilações e falta de energia no Piauí. Quanto ao Programa Luz para Todos, ele alega que o IPHAN - Instituto de Proteção ao Patrimônio Histórico e Arquitetônico Nacional contribuiu para que o programa estancasse no Piauí.



Os deputados analisaram com cautela a participação do presidente da Eletrobras Piauí na audiência pública realizada hoje pela manhã. ?Os altos investimentos na área da energia elétrica no Piauí de 2003 para cá é fato. Ser tirado mais de 132 mil pessoas da escuridão através do Programa Luz para Todos é fato, mas ainda temos mais de 20 mil pessoas aí à espera do Programa alcançá-los. Era pra 2008, foi para 2010, agora ele deu um prazo até 2014. Agora, se todos esses investimentos aconteceram e eu sei que aconteceram, porque só em Teresina, logo iremos inaugurar a quinta subestação depois de 20 anos, em menos de 10 anos essa é a quinta então porque a qualidade da nossa energia é tão ruim? Outra coisa que não se consegue é ligar no 0800 e esse serviço cair no Rio de Janeiro, em outros estados. Isso não faz sentido?, argumenta o Deputado Magalhães (PT-PI).

Fonte: Marcilany Rodrigues