PRF registra aumento de 13% no número de mortos no carnaval

O dia mais violento do feriado foi sábado (13), quando 37 pessoas morreram.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um aumento no número de mortos neste feriado de carnaval em comparação ano passado, conforme dados divulgados nesta quinta-feira (18). No total, 143 pessoas morreram em 2010 nas estradas federais - 13% a mais que o ano passado, quando ocorreram 127 óbitos.

O dia mais violento do feriado foi sábado (13), quando 37 pessoas morreram. Durante a Operação Carnaval, que foi realizada entre 0h de sexta-feira (12) e a meia-noite de quarta-feira (17), ocorreram 3.233 acidentes, o que também representa 13% a mais que em 2009, quando ocorreram 2.865 acidentes.

Ainda de acordo com o balanço divulgado pela PRF, 1.912 pessoas ficaram feridas, o equivalente a 7% a mais que em 2009, quando foram registrados 1.784 feridos. Minas Gerais lidera o ranking de acidentes, óbitos e feridos, com 493 acidentes, 26 mortes e 378 feridos.

O estado é seguido por Rio de Janeiro e Bahia, com 11 mortes cada, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com 10 mortes cada, Paraná, com nove, e Goiás, com oito. Em relação aos acidentes, Santa Catarina aparece em segundo no ranking, com 442 ocorrências, seguido por Paraná, com 361, Rio de Janeiro, com 302, e Rio Grande do Sul, com 276.

Os estados com mais pessoas feridas foram Santa Catarina (261), Paraná (180), Rio Grande do Sul (135) e Rio de Janeiro (120). Segundo a PRF, para evitar que os motoristas dirigissem embriagados, houve reforço na fiscalização. Foram usados 2 mil bafômetros durante a operação e realizados 46.226 testes de embriaguez. No total, 1.235 motoristas foram flagrados no teste do bafômetro e 593 deles foram presos em flagrante. Nos seis dias de operação, foram aplicadas 119.614 multas - 53% delas por excesso de velocidade.

Fonte: g1, www.g1.com.br