Problema na rede de energia elétrica afeta distribuição de água

Moradores reclamam de buracos nas ruas

A falta e oscilação de energia tem deixado os moradores do bairro Deus Quer, na região do Povoado Bom Princípio, sem água. A caixa d´água que abastece o local está sempre cheia, mas sem energia é impossível o funcionamento da bomba. A reclamação é geral.

O comerciante Carlos Alberto Vieira dos Santos diz que o problema é antigo e constante. “Só falta água porque não tem energia para funcionar a bomba de água.

Toda a comunidade dessa região sofre com esse problema”, lamenta o morador do Povoado Bom Princípio, acrescentando que só não fica em pior situação porque a mãe dele tem poço tubular, de onde ele retira água para as demais necessidades domésticas, como lavar roupa, louça, tomar banho, entre outras.

O morador do Residencial Deus Quer, Francisco das Chagas, diz que nas casas localizadas na área mais alta do residencial a situação é ainda pior.

“As casas aqui de baixo a água ainda escorre mais um pouco, mesmo faltando energia, mas aquelas que ficam na parte alta, não fica uma gota de água nas torneiras”, comenta o morador, dizendo ainda que o única alternativa da população é esperar. Alguns moradores têm poços tubulares em suas casas, mas a maioria depende da distribuição pública.

A dona de casa Maria Betânia tem filho pequeno e so-fre muito com a constante falta de água. Para não ficar em situação ainda mais difícil, ela diz que sempre tem em casa vasilhames, que conserva sempre cheios de água, para suprir as necessidades durante a falta do líquido.

Não temos muito o que fazer quando falta água. O único jeito é esperar ou, se for o caso, pedir um pouco de água para um vizinho, pelo menos para beber”, disse a dona de casa, enfatizando que se não fosse a falta de energia, com certeza não haveria a falta de água, porque, segundo ela, água na caixa d´água que abastece a região tem.

O morador Ednaldo Gomes, também do Deus Quer, conta que a líderança comunitária do bairro já reclamou e solicitou para a Eletrobras a resolução do problema.

A companhia energética respondeu que o problema irá ser contornado somente após a conclusão da subestação de energia, que está em fase de construção.

“O que disseram é que a subestação de energia irá atender a várias comunidades da região, entre elas, o Deus Quer, Usina Santana, Nova Santana, Saco Cheio, Santa Isabel e o restante do Povoado de Bom Princípio”, relata Ednaldo Gomes.

Moradores reclamam de buracos nas ruas

Apesar de as ruas do entorno do Residencial Deus Quer terem sido asfaltadas, os buracos já começam a aparecer e deixam os motoristas, principalmente aqueles que trabalham em ônibus coletivos, em péssima situação. Os buracos já tomam parte da rua.

O motorista de ônibus coletivo, Macedo, reclama das condições de intrafegabilidade da via principal do Residencial Deus Quer, que segundo ele, em alguns pontos, tem buraco que chega a comportar quase metade do ônibus. Os motoristas perdem muito tempo, na hora da travessia dos buracos, tendo que passar devagar, para não quebrar peças do transporte público.

O buraco fica próximo à casa da moradora Viviane Soares. Ela conta que nunca presenciou um acidente, mas ouve barulhos dos carros batendo nos buracos. "Acho perigoso", diz a dona de casa. Os moradores e motoristas fazem um apelo para que sejam feitos reparos na via principal do Residencial Deus Quer.

Fonte: Lindalva Miranda