Produção de água é restabelecida na ETA Sul de Teresina

A regularização do fornecimento de água da capital será gradual

A Agespisa informou por meio de um boletim que o sistema de captação de água bruta voltou a funcionar em sua capacidade máxima desde às 15h, deste domingo (11). A produção teve que ser paralisada nas primeiras horas da manhã de hoje, por conta de danos no sistema elétrico da estação.

A regularização do fornecimento de água da capital será feita de forma gradual, à medida que os reservatórios sejam reabastecidos. As equipes de manutenção trabalharam ao longo de todo dia em ritmo acelerado para que o serviço de correção fosse concluído o mais rápido possível.

A Estação de Tratamento de Água (ETA), no Distrito Industrial, na zona sul de Teresina sofreu uma pane elétrica no domingo e a consequência foi a falta de água em toda a Teresina por tempo indeterminado, deixando mais de 500 mil pessoas e 50 bairros sem água em suas residências, em todas as zonas da cidade.

Os funcionários da Agespisa foram para a ETA fazer levantamento da dimensão dos danos da pane elétrica e recuperação do transformador de energia. A Agespisa emitiu uma nota no domingo, explicando a pane elétrica.

Por coincidência, antes das eleições municipais de 2012, a ETA sofreu uma série de panes elétricas e queima de seus transformadores faltando água em Teresina por vários dias, causando prejuízos à candidatura do então prefeito Elmano Ferrer do PTB que disputava a eleição contra o atual prefeito Firmino Filho (PSDB).

A falta de água provocou uma imensa fila de moradores da Vila Afonso Gil Castelo Branco em torno de uma horta comunitária, que tem água puxa de poço tubular.

 Estação de Tratamento da Agespisa (Crédito: Portal do Governo)
Estação de Tratamento da Agespisa (Crédito: Portal do Governo)
 Estação de Tratamento da Agespisa (Crédito: Portal do Governo)
Estação de Tratamento da Agespisa (Crédito: Portal do Governo)
Fonte: Com informações do Efrem Ribeiro