Professor segura bebê para que aluna possa assistir aula

Muita gente achou que Reyes fosse o pai do pequeno.

"Tenho uma aluna que não largou os estudos, apesar de seus distintos papeis, por isso resolvi carregar seu filho, sem interromper a aula, para que ela anotasse o conteúdo".

É dessa forma, simples e direta, que o professor mexicano Moisés Reyes Sandoval conta o motivo de ter tomado a atitude de segurar o pequeno durante suas aulas na Universidad Interamericana para el Desarrollo, em Acapulco.

De acordo com o jornal El País o incidente aconteceu no dia 30 do mês passado, durante uma aula de Direito Internacional.

Yelana Salas, de 22 anos, chegou à aula com o bebê, de seis meses. "Ele começou a chorar e se mexer muito porque estava com sono, e eu não tinha como acalmá-lo", relatou a jovem ao El País. Ao perceber o desconforto da aluna, o professor se ofereceu para ajudar. "Parecia que ele estava prestando atenção na aula", relatou Reyes, que passou o resto do tempo com o pequeno junto de si.

Quando a foto começou a circular pela internet, no entanto, muita gente achou que Reyes fosse o pai do pequeno. Para esclarecer o mal-entendido, o professor fez um post no Facebook.

"Boa tarde. A respeito da nota publicada no jornal Excélsior, gostaria de esclarecer o seguinte: sou Moisés Reyes Sandoval, o professor da foto, dou aulas no curso de Direito em uma Universidade em Acapulco, Guerrero. Não sou pai do menino, ela é uma mãe solteira, aluna excelente, trabalha, estuda e tem desejo em progredir. Muito obrigado pelos seus comentários."

Professor segura bebê (Crédito: Reprodução)
Professor segura bebê (Crédito: Reprodução)


Fonte: Brasil Post