Professores da Universidade Federal do Piauí entram em greve

A greve foi decidida após assembleia realizada nesta segunda-feira

Após assembleia realizada na tarde desta segunda-feira(10), na Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí- ADUFPI, os professores da UFPI decidiram em ampla maioria a deflagrar greve geral na instituição com um quórum de mais de 4/5, enquanto precisava apenas de 2/3 para aprovação. A data para início da greve ficou acertada para esta quarta-feira(12) e será por tempo indeterminado. 

O Diretor de Relações Sindicais, Alexis Leite, explica que o resultado era esperado, já que os docentes que votaram contra a greve nas últimas assembleias só não concordavam que aquele seria o momento certo. ““A greve foi o último recurso encontrado por nós para pressionar o governo federal a ampliar os investimentos na educação pública. Agora nos unimos às outras instituições públicas de ensino, na luta pela melhoria da nossa educação. Formaremos o comando  local de greve e iremos acompanhar e participar também da mobilização nacional  para conduzir o movimento de greve na UFPI”, explica Alexis 

Os professores reivindicam melhores condições de trabalho, reestruturação da carreira, garantia da autonomia universitária, valorização salarial de funcionários ativos e aposentados, contra os corte na educação, melhor infraestrutura e uma maior segurança dentro da UFPI. A UFPi se integra agora a mais 34 instituições de ensino superior em greve, isso se for considerado somente a classe dos docentes, já que se levar em consideração os técnicos administrativos o número sobe para 67.


Image title

Image title

Image title

Fonte: Portal MN