Professores recebem formação da Olimpíada de Língua Portuguesa

Professores do Piauí recebem formação da Olimpíada

Com o objetivo de contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas, a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro desenvolve ações de formação de professores em todos os estados do Brasil. No Piauí, a formação dos multiplicadores das escolas municipais e estaduais iniciou nesta quarta-feira (18), e prossegue por todo o dia de hoje.

O encontro acontece na Escola de Gestão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) e conta com duas turmas de 40 técnicos cada, dentre professores, coordenadores, secretários municipais de educação, que serão disseminadores locais da formação.

A docente formadora da Olimpíada, professora Shirlei Alves, observa que o evento é muito importante para fomentar o interesse pela língua portuguesa nas escolas públicas. “Desde 2009 estou envolvida com a iniciativa que ajudou muito na evolução do aprendizado de língua portuguesa em nossas escolas, na concepção das linguagens, produção de textos com a realidade local e dos demais saberes. Já conseguimos chegar na final nacional por quatro vezes. O Piauí tem muito potencial”, relata.

A professora de Jatobá do Piauí, Lucirene Oliveira, é uma das participantes da formação avaliando-a como positiva. “Além de orientar o município para engajar os agentes da olimpíada, na formação há uma troca de experiência valiosa que nos mostra a realidade de outras escolas”, destaca.

A formadora de redes de ancoragem da Olimpíada, Denise Oliveira, está no Piauí pela segunda vez e avalia os avanços conseguidos, tanto por iniciativas como a Olimpíada de Língua Portuguesa, como pelas políticas públicas desenvolvidas pela União, estados e municípios.

“O ensino da língua materna tem passado por melhorias nos últimos anos em todo o Brasil e a Olimpíada de Língua Portuguesa é um fator importante desses avanços, mas muito ainda tem que ser feito. Nosso foco é a formação do docente sendo a competitividade uma vertente secundária”, conclui a formadora.

Uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec — Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária,  a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro tem como parceiros na execução das ações o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Canal Futura. No Piauí, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e as secretarias municipais de educação compõem esse esforço.

Fonte: Com informações do Portal do Governo