Protetores pedem ajuda de produtos de limpeza para animais

A organização pede a sociedade que se sensibilize com a causa

Para provar que um simples gesto é capaz de fazer a diferença, que voluntários do grupo Protetores de Patinhas têm trabalhado com o resgate de cães abandonados nas ruas da capital. No momento, a organização necessita de doação de rações e produtos de limpeza.

O grupo Protetores de Patinhas, desde novembro de 2014, trabalha acolhendo animais domésticos que sofrem na pele as adversidades encontradas nas ruas.

No total são 30 voluntários, que mesmo não tendo uma sede fixa, mantêm firme a vontade de cuidar dos animais abandonados. Dentre eles, está Shayana Camelo, diretora financeira do grupo. Ela acredita que se todos fizerem sua parte, muito será conquistado.

“A gente exerce um trabalho voluntário, além das nossas próprias ocupações. Então, se todos fizerem o menor que seja, muito será alcançado. Atualmente, estão sob nossa proteção 13 cães, deste número, seis são filhotes e requerem todos os cuidados”, pontua.

Segundo Shayana Camelo, o número de animais na rua seria bem menor se os proprietários castrassem seus animais:

“O sofrimento desses animais seria bem menor se fossem castrados. Porque quando se abandona um animal na rua, que por sinal é crime, a probabilidade de aumentar a população de animal doméstico nas ruas é muito grande”, destaca.

A organização pede a sociedade que se sensibilize com a causa e doe ração (para adultos e filhotes); jornais, água sanitária e saco de lixo preto para higienizar o ambiente e alopurinol de 300 e 100 mg (para tratamento de calazar).

Para doar basta entrar em contato através dos números: (86) 9 9912-2198 e (86) 9 9926-0087.

Fonte: Virgínia Santos e Márcia Gabriele