Provas da 2ª fase da OBMEP acontecem neste sábado em Teresina

No país, 888.822 estudantes farão a prova

Serão aplicadas neste sábado, a partir da 14h30, horário de Brasília, as provas da 2ª fase da 11ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.

Somente em Teresina, de acordo com a coordenadora de aplicação da OBMEP no Piauí, Sissy Sousa, 4.531 alunos da rede estadual participarão da competição. Em todo país, 888.822 estudantes também farão a prova.

A professora explica que cada escola selecionou 5% dos alunos com melhor pontuação referente aos níveis 1,2 e 3 da primeira fase da prova, realizada no mês de junho.

O Piauí, desde a primeira Olimpíada Brasileira de Matemática se destaca nacionalmente como Estado campeão da competição. Ao todo, as escolas públicas piauienses já foram premiadas com 172 medalhas.

De acordo com a coordenadora Sissy Sousa, a expectativa do Piauí em relação ao resultado desta edição da OBMEP, é continuar atingindo a melhor posição no ranking de medalhas. “A cada ano percebemos que estamos melhorando.

Antes somente a escola estadual Augustinho Brandão se destacava. Agora, uma escola da cidade de Capitão de Campos teve duas medalhistas de outro da olimpíada. Destas, uma está em 5º lugar nacional no nível em que ela participou”, conta Sissy Sousa.

O professor de Matemática da Escola Augustinho Brandão, Antônio Amaral, revolucionou o ensino da disciplina na unidade escolar. Em entrevista ao Ministério da Ciência Tecnologia e Informação, o docente revelou que o interesse em ampliar as oportunidades no mercado de trabalho foi o que lhe motivou a seguir a profissão.

“Escolhi estudar Matemática na faculdade para encontrar emprego mais fácil, mas não tinha base nenhuma”, ressaltou Amaral na rede social do Ministério.

Local de aplicação das provas

A coordenação da OBMEP no Piauí avisa que as provas serão realizadas em diversos centros de aplicação espalhados no Estado. Por meio de parceria com a secretaria estadual de Educação (Seduc) os alunos farão a prova nas unidades escolares mais próximas da região onde moram.

A avaliação terá duração de três horas e será composta de seis questões discursivas.

A correção das provas será realizada em duas etapas - a primeira, regional, por professores universitários indicados pela coordenação da Olimpíada, e a segunda, nacional, por um grupo de professores supervisionado pelo comitê de provas da OBMEP.

A divulgação dos resultados, de acordo com o comitê da OBPMEP, será no dia 27 de novembro, serão divulgados os premiados da OBMEP 2015, sendo 6.500 medalhistas (500 medalhistas de ouro, 1.500 medalhistas de prata e 4.500 medalhistas de bronze) e cerca de 46.200 ganhadores de menções honrosas. Os vencedores irão participar do Programa de Iniciação Científica (PIC 2015), que será em 2016.

Fonte: Lindalva Miranda e Izabella Pimentel