Quadro evolui bem e Alencar deve receber alta no fim de semana

Alencar retomou as sessões de quimioterapia no início do mês

O quadro clínico do vice-presidente da República, José Alencar, evolui "muito bem" e ele deve receber alta neste fim de semana do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, segundo informações do médico Paulo Hoff. Segundo Hoff, o problema de Alencar --pancitopenia, baixos níveis de hemoglobina, leucócitos e plaquetas-- provavelmente foi causado pelo tratamento ao qual se submete para combater um câncer no abdômen.

"O quadro do vice está evoluindo muito bem, e a nossa previsão é de que ele receba alta neste final de semana", disse o médico. Hoff informou ainda que Alencar está consciente e disposto. "Se pudesse, ele voltaria para casa ainda hoje." Ele disse ainda que o nível de hemoglobina, leucócitos e plaquetas já atingiu um patamar seguro após tratamento, que inclui transfusões de sangue e antibióticos.

A expectativa do médico é de que volte ao nível normal em "alguns dias". Caso o tratamento siga o ritmo esperado, será mantida a sessão de quimioterapia prevista para terça ou quarta-feira da próxima semana. Alencar estava em Brasília ontem, de onde foi transferido às pressas para São Paulo após passar mal. Ele chegou ao hospital por volta das 21h30 e passou por exames.

Alencar retomou as sessões de quimioterapia no início do mês, pouco depois de exames terem demonstrado que os tumores abdominais voltaram a crescer. O tratamento experimental que ele realizava nos Estados Unidos foi suspenso. O vice luta contra o câncer há 15 anos e já passou por 15 cirurgias. Na última vez em que esteve no hospital, no dia 1º, Alencar falou das sessões de quimioterapia. "O ideal é que ela [a quimioterapia] fosse uma bomba atômica, porque o tumor não é brincadeira. Mas vamos lutando, vamos usar as armas convencionais, e essa é uma delas", disse na ocasião.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br