PM tem dificuldades de atender ocorrências do 190 devido a trotes recebidos

PM tem dificuldades de atender ocorrências do 190 devido a trotes recebidos

Os relatos de pessoas que estiveram em uma situação de risco ou que precisaram de atendimento da Policia Militar e não foram atendidos é comum

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (30) DO JORNAL MEIO NORTE.

Devido a quantidade de trotes, a Policia Militar esta tendo dificuldades em atender as ocorrências reais dos cidadãos, através do 190. Só nos primeiros seis meses desse ano 5.820 trotes foram feitos. As reclamações por causa da espera é constante, pois além das falsas chamadas a quantidade de atendimentos diários é maior do que a capacidade do sistema.

Os relatos de pessoas que estiveram em uma situação de risco ou que precisaram de atendimento da Policia Militar e não foram atendidos é comum. A estudante de educação física Ana Lívia Sousa conta que passou por um episodio de invasão e ligou para o 190, mas não conseguiu ser atendida. "Eu estava na porta da minha residência com uns amigos quando faltou energia e vieram nos informar que um homem estava invadindo um estabelecimento ao lado da minha casa, peguei o celular e liguei para o 190, fiquei esperando atenderem, mas nunca fui atendida, se fosse algo mais urgente não sei o que teria acontecido", relata.

De acordo com o coronel Renato Alves da Policia Militar a demora nos atendimentos acontece por causa da quantidade de ligações recebidas pela central." Teresina cresceu e a quantidade de ocorrências também, possuímos um sistema que faz a triagem das ligações, nós trouxemos essa tecnologia de São Paulo, mesmo assim a quantidade de ligações é maior, são cerca de 500 a 600 diárias", explica.



Fonte: Rhauan Macedo