Quatro estudantes de medicina morrem após colisão de carros

Quatro estudantes de medicina morrem após colisão de carros

Segundo a Polícia Rodoviária, o Astra, dirigido por Rodrigo Gamba, 20, incendiou-se após bater de frente com o caminhão

Quatro estudantes de medicina morreram e um ficou ferido na madrugada desta segunda-feira (15) em um acidente envolvendo um Astra e um caminhão Mercedes-Benz, na rodovia Eliéser Montenegro Magalhães, em Jales (585 km de São Paulo). Os jovens viajavam para Presidente Prudente (558 km de São Paulo), onde estudavam, após participar de uma competição esportiva em Jales.

Segundo a Polícia Rodoviária, o Astra, dirigido por Rodrigo Gamba, 20, incendiou-se após bater de frente com o caminhão, que fazia uma ultrapassagem no km 138. A estrada faz a ligação entre Jales e Araçatuba (527 km de São Paulo). O nome do motorista do caminhão não foi informado. Ele não sofreu ferimentos.

Morreram carbonizados no local, além do motorista do Astra, Mariana da Silva, 21, Heitor Cunha Breda, 19, e Barbara Regina Sequinel, 21. A estudante Stella Prestes Cardoso Wagner, 18, única sobrevivente, está internada em estado grave na UTI da Santa Casa de Jales. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ela passou por uma cirurgia no abdome

Aulas suspensas

A Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), em Presidente Prudente, informou que, devido ao acidente, uma homenagem aos professores e as aulas do curso de medicina que estavam previstas para esta segunda-feira foram canceladas.

Os corpos foram liberados hoje e transportados para as cidades de origem das vítimas, segundo Carlos Carlos José Maschio, 45, gerente da funerária Rosa Mística, de Jales. Os alunos eram de Treze Tílias (SC), Ponta Grossa (PR), Presidente Prudente (SP) e Regente Feijó (SP).

Eles serão velados em caixões lacrados devido ao estado dos corpos. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar as causas do acidente.

Fonte: UOL