É possível! Quatro mulheres são filmadas vendo suas vaginas pela primeira vez; confira vídeo!

É possível! Quatro mulheres são filmadas vendo suas vaginas pela primeira vez; confira vídeo!

Davey Wavey tem um canal de Youtube e publicou um anúncio em busca de mulheres que nunca tivessem visto suas vaginas.

Pode parecer absurdo, mas é enorme o número de mulheres que nunca viram suas vaginas. Elas sabem como uma vagina é, mas nunca viram a própria. Diferente do pênis, que é externo, o órgão feminino é interno e precisa querer ser visto, ele não pula aos seus olhos. E saber como é uma parte do corpo tão importante para o prazer ? assim como todo o resto do corpo ? é um desafio, é como quebrar as regras. Somos ensinadas que não temos que tocar ou ter curiosidade sobre ela.

Davey Wavey tem um canal de Youtube e publicou um anúncio em busca de mulheres que nunca tivessem visto suas vaginas. As voluntárias apareceram. Duas delas apontaram a obesidade como motivo, outra disse que sonhava em ser freira e portanto não havia olhado ou tocado, a quarta mulher não contou motivos, disse apenas que nunca tinha visto ou explorado aquela parte do corpo. E a mulher que mais choca é uma com cara de menina e cabelo colorido que conta que o primeiro cara que fez algo com ela disse que aquilo era nojento e ele nunca mais queria vê-la. Quer ver o resultado?

Apesar do vídeo ser em inglês, as expressões faciais e onomatopeias o tornam universal. Todas elas viram coisas normais. Vaginas normais, como nos desenhos das aulas de biologia. E essa descoberta, essa certeza de que não tem nada sujo, imoral ou bizarro nas vaginas, vai tornar essas mulheres mais fortes.

Somos ensinadas que vaginas são feias, que são sujas, que cheiram mal, A comparam a coisas ruins, nunca nada bom. Chamam de carne mijada, mas esquecem que ela parece uma rosa. Ensinar a nós mesmas a olhar com outro ponto de vista é importante e vai influenciar a vida sexual e amorosa de nossas filhas. Quanto mais nos amamos mais podemos ser amadas de verdade e fazer boas escolhas.

Vaginas são lindas. Nossos corpos são perfeitos. Eles nos acompanham onde queremos e precisamos, nos dão saúde, prazer, satisfação. Não importa o manequim que usamos, a orientação sexual, se nascemos com a identidade de gênero que temos hoje. Importa que merecemos amor, elogios e nada em nós é errado ou vergonhoso.

Fonte: Yahoo