Rádio terá indenizar por morte em concurso de quem bebia mais água

Ela perdeu e, poucas horas depois, morreu de intoxicação aguda por água.

A família de uma norte-americana que morreu depois de participar de um concurso promovido por uma rádio para ver quem conseguia beber mais água sem ir ao banheiro vai receber US$ 16 milhões (cerca de R$ 28 milhões) em compensação.

Uma corte da Califórnia determinou que a estação de rádio de Sacramento KDND-FM e sua proprietária foram responsáveis pela morte de Jennifer Strange, de 28 anos, em janeiro de 2007.

A mulher, que tinha três filhos, entrou na competição na tentativa de ganhar um Nintendo Wii.

Ela perdeu e, poucas horas depois, morreu de intoxicação aguda por água.

A intoxicação pode ocorrer quando o equilíbrio normal de eletrólitos do corpo é alterado pelo rápido consumo de uma grande quantidade de água.

Funcionários demitidos

O consumo da água pode levar a um inchaço do cérebro, que pára de regular funções vitais como a respiração, causando a morte.

Na competição "Hold your wee for a Wii" ("Segure seu xixi por um Wii", em tradução livre), os participantes receberam garrafas de 225 ml de água para beber a cada 15 minutos, sem poder ir ao banheiro.

Depois de oito rodadas, os participantes passaram a receber garrafas de 500 ml de água.

Acredita-se que Jennifer Strange tenha bebido 7,5 litros de água, na esperança de ganhar o console de jogos eletrônicos para os filhos.

Durante o julgamento, a KDND-FM e sua proprietária, Entercom, argumentaram que a mulher deveria saber que a competição poderia ser perigosa.

Os organizadores não foram acusados criminalmente, mas dez funcionários da estação de rádio foram demitidos por conta do caso.

Fonte: g1, www.g1.com.br