Recém-nascida é encontrada enrolada em lençol no chão

A bebê ainda estava com o cordão umbilical.

Neste domingo (06), uma recém-nascida foi encontrada enrolada em um lençol e em um cobertor ao lado da igreja no Centro da cidade de Vera, Cuiabá.

De acordo com informações da polícia militar, a criança foi deixada no chão e ainda estava com o cordão umbilical e a placenta. A bebê foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional. Após atendimentos médicos, ela não se encontra em perigo.

Um homem que retornava de uma festa ouviu o choro da criança e pediu ajuda para o motorista de uma ambulância.

“Ele escutou o choro de um bebê, isso despertou curiosidade para verificar o que era. Foi quando ela [a pessoa] constatou que se tratava de um bebê embrulhado em um lençol e um cobertor. Imediatamente ela suspeitou que se tratava de um caso de abandono e acionou a PM”, informou o comandante e tenente da PM, Ismael Rodrigues de Assis.

Recém-nascida foi abandonada (Crédito: Reprodução)
Recém-nascida foi abandonada (Crédito: Reprodução)

Os policiais chamaram uma ambulância, o Conselho Tutelar e uma equipe da assistência social do município. “Ela chegou bem, com choro forte e bem corada. Ela estava bem ativa e reativa. Fizemos os cuidados e demos o banho morno nela para aquecê-la”, explicou o enfermeiro Célio Silva.

Em um primeiro momento, a recém-nascida foi levada para o Pronto Atendimento de Vera. Depois, foi transferida para o Hospital Regional de Sorriso, onde ela passaria por uma avaliação mais específica por te tratar de uma recém-nascida.

“[Foi encaminhada] na preocupação de ver se essa criança foi contaminada por alguma doença infectocontagiosa e realizar as primeiras vacinas que toda criança deve receber ao nascer”, declarou o médio Sidney França.

De acordo com o Conselho Tutelar, ao longo do domingo a criança passou por atendimento e por testes. Ela foi levada novamente para o município de Vera e será abrigada em uma casa de apoio da cidade. Até este domingo nenhum familiar – ou a mãe, tinham sido localizados ou identificados. O caso de abandono deve ser investigado pela Polícia Civil.

Recém-nascida foi abandonada (Crédito: Reprodução)
Recém-nascida foi abandonada (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1