Recém-nascido é abandonado e avó se recusa a ficar com neto

Recém-nascido é abandonado e avó se recusa a ficar com neto

Avó diz não ter condições de criar bebê, internado há dois meses em hospital da baixada

Um bebê abandonado pela mãe ficou dois meses internado irregularmente na UTI do Hospital da Mulher de São João de Meriti, Baixada Fluminense. A mãe é uma jovem de 17 anos que escondeu a gravidez durante os nove meses e mora no bairro Jardim Araruama, região carente do município.

Creuza Pereira, avó do recém-nascido, disse que colocou o neto para adoção e fez tudo regularizado com o Conselho Tutelar. Ela diz que não quer ficar com a criança porque não tem condições de criar.

?Eu não tenho condições de criar. O pai morreu e eu não consigo criar.

De acordo com o Conselho Tutelar, a criança estava saudável e deveria ser encaminhada para um abrigo, em vez de ficar na UTI.

De acordo com o Conselho Tutelar, a criança deveria ficar com os avós paternos, que não se manifestaram.

Fonte: r7