Reforma de UBS beneficia cerca de 16 mil pessoas na zona Sul de THE

A UBS recebeu melhorias nos ambientes que foram padronizados

Cerca de 16 mil pessoas atendidas pela Unidade Básica Dr. Francílio Ribeiro de Almeida, localizada no bairro Angelim, zona Sul da capital, terão agora à sua disposição uma Unidade totalmente reformada e ampliada. O novo prédio foi entregue nesta segunda-feira (03) à comunidade pelo prefeito Firmino Filho, um presente da gestão municipal à capital, que comemora 163 anos.

Para a reforma da Unidade de Saúde foi feito um investimento da ordem de R$ 229.792,56. A UBS recebeu melhorias nos ambientes, que foram padronizados na forma de organização, adequada a área para atendimento coletivo, teve o número de consultórios odontológicos e médicos ampliado, entre outras benfeitorias.

Toda a estrutura da Unidade foi adaptada para garantir acessibilidade, seguindo o padrão do Ministério da Saúde. A UBS tem quatro equipes Estratégia Saúde da Família – duas pela manhã e duas à tarde.

A UBS teve um consultório odontológico reformado e outro construído; um escovódromo construído; uma sala de procedimentos ampliada; uma sala de vacina reformada; três consultórios médicos reformados e um construído; uma farmácia construída; o SAME (marcação de consultas) foi reformado e ampliado; a sala de esterilização foi reformada e ampliada; a sala de expurgo foi construída.

Três banheiros foram adaptados para portadores de necessidades especiais e dois banheiros de uso geral foram reformados, sem falar da sala de aerosol que foi construída; da sala de coleta reformada e da construção do auditório.

Para o prefeito Firmino Filho, a entrega de obras como essa do Angelim gera um impacto bastante positivo na cidade, tendo em vista que representa melhoria na qualidade dos serviços oferecidos na atenção básica, melhoria das condições de trabalho dos profissionais de saúde, e o mais importante, melhoria no atendimento e acolhimento da população.

“Hoje é um momento de reafirmarmos o nosso compromisso com a atenção básica em saúde. A capital tem recebido investimentos significativos em saúde. Queremos prestar um atendimento cada vez melhor à nossa população e oferecer uma saúde de qualidade.

Portanto, estamos avançando na construção de novas Unidades Básicas de Saúde, em reformas e fortalecendo a atenção básica em saúde no município de Teresina. Essa é a 18ª obra de Unidade Básica de Saúde entregue somente na gestão atual, em Teresina”, destacou Firmino Filho.

Unidade de Saúde segue padrões do Ministério

A arquiteta da Fundação Municipal de Saúde, Caroline Bastos, explicou que a UBS do Angelim foi reformada e ampliada seguindo os padrões do Ministério da Saúde, que agora exige requisitos básicos para todas as Unidades Básicas de Saúde do país, que devem ser mais amplas e proporcionarem acessibilidade às pessoas com necessidades especiais.

"Temos como exemplo seguido pelos critérios do Ministério a questão da sala de esterilização, que agora foi dividida em duas. A da esterilização propriamente dita e a sala de expurgo, que serve para a lavagem inicial do material que será esterilizado", informou ela.

A porta de entrada dos serviços de saúde são as Unidades Básicas, que oferecem a atenção primária à população tendo como referência o Programa Saúde da Família. Cada Equipe de Saúde da Família é composta por médico, enfermeiro, dentista, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

As Unidades Básicas de Saúde contam ainda com suporte dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf), formados por outros profissionais, como fisioterapeutas, educadores físicos, terapeutas ocupacionais e nutricionistas.

Outras UBSs também terão melhorias

Teresina possui hoje 90 Unidades Básicas de Saúde. Segundo Luciano Nunes, presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a meta é melhorar cada vez mais o atendimento à população e manter o padrão de qualidade na atenção básica de saúde.

"A Prefeitura de Teresina vem fortalecendo a infraestrutura da atenção básica com novas edificações. Além de ganho em estrutura física, também trabalhamos a capacitação de todos os profissionais que atuam na saúde e estamos investindo na informatização das Unidades com a implantação do e-SUS e prontuários eletrônicos, melhorando assim a agilidade nos atendimentos", afirmou.

Tatiana Viana, usuária da Unidade de Saúde, ficou bastante satisfeita com a reforma. "Estou muito feliz com as mudanças que ocorreram na UBS. A sala de vacina foi ampliada, o que irá melhorar o atendimento, além de aumentar o número de consultórios. Agora teremos mais comodidade ao nos consultarmos. Sem contar que o ambiente ficou muito bonito e acolhedor", comemorou.

A reforma trouxe diversos ganhos também para os funcionários. De acordo com Graci Mendes, coordenadora da UBS, a construção de um auditório foi uma reivindicação dos servidores e possibilitará a realização de atividades com a comunidade e com os próprios funcionários da unidade.

"Agora temos um espaço para a realização de capacitações e até mesmo para acolhermos a comunidade em atividades educativas e de lazer", disse.


Fonte: Jornal Meio Norte