Reformado, Liceu Piauiense será entregue nesta segunda-feira

O custo final chegou a R$ 4,5 milhões em investimentos no Liceu.

A reforma do Centro de Ensino Médio e Profissional de Tempo Integral (Cempti) Zacarias de Góis, conhecido como Liceu Piauiense, será entregue nesta segunda-feira (21). O prédio de 79 anos, visto que sua cnclusão se deu em 1936, passou por diversas intervenções e ampliações. 

Nova sala de leitura do Liceu Piauiense  (Crédito: Divulgação)
Nova sala de leitura do Liceu Piauiense (Crédito: Divulgação)

"A reforma incluiu renovação completa do telhado, troca de piso, pintura em geral e novas instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias e construção de banheiros", conta o diretor da Unidade de Gestão da Rede Física (Ugerf), da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), Dorival Alves.

Além disso, todo o anfiteatro foi reformado e recuperado e conta com uma estação elevatória para o transporte de cadeirantes até o palco, as rampas que ligam o prédio principal ao anexo foram cobertas, as cinco salas de aulas no pavimento superior do anexo foram ampliadas e foi acrescentada uma sala no pavimento superior do anexo, que será a Oficina de Informática, e o refeitório será mais amplo.

“Por ser um edifício que é patrimônio do Estado, construído em 1934, o Liceu tem peculiaridades e cuidados que o diferem de outras obras em escolas públicas, o que demanda mais tempo e perícia por parte dos construtores”, explica Dorival.

“Antes mesmo de assumir a pasta, tomamos conhecimento da situação de precariedade em que se encontrava o Liceu Piauiense. Por isso, nosso primeiro compromisso com a educação do Piauí foi garantir que a obra do prédio dessa escola centenária, que estava parada há mais de seis meses, fosse retomada com a maior celeridade”, afirmou a secretária Rejane Dias.

A reforma teve um investimento inicial de R$ 3.698.620,87, oriundos do Tesouro Estadual e a obra será entregue na segunda-feira, dia 21 de dezembro. Com os aditivos devido a mudanças no projeto, o custo final chegou a R$ 4,5 milhões. 

Com o início das aulas em fevereiro, os alunos do Liceu iniciarão o ano em uma escola pública com boa estrutura e que será referência para outras unidades no Estado. A Seduc ainda fez mais um investimento na ordem de R$ 2.900.000 só em mobiliário para equipar o centro de ensino.

Mobiliário moderno e de alto padrão

Liceu Piauiense reformado e com mobiliário moderno (Crédito: Divulgação)
Liceu Piauiense reformado e com mobiliário moderno (Crédito: Divulgação)

Ao final da obra, o Liceu está com salas renovadas e refrigeradas, uma com lousa eletrônica conectada à internet, possibilitando aulas com mais opções didáticas e interatividade, além de mobiliário padronizado e de alto padrão. As luminárias têm sensor de presença e o pátio interno foi revitalizado. A acessibilidade está garantida, incluindo uma estação elevatória para cadeirantes no anfiteatro da Escola. A escola também conta com uma rádio comunitária. O veículo servirá como laboratório para os alunos, como mecanismo de lazer e meio de informação. O Liceu também ganhou sala de xadrez, sala de música e sala de dança.

“Pretendemos dar aos estudantes do Liceu uma estrutura moderna que irá ajudar na absorção do ensino praticado em sala de aula, com mais interatividade, informação e entretenimento que, certamente, só acrescentarão ao currículo desses alunos”, acredita o diretor administrativa Seduc, Ronald Moura.

Fonte: Ascom