Responsáveis pelo Hopi Hari onde garota morreu depõem à polícia

Funcionários que operavam o equipamento na hora do acidente prestam depoimento.

O delegado titular de Vinhedo, Álvaro Santucci Noventa Júnior, começa a ouvir nesta terça-feira (28) os depoimentos de funcionários do parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo, no interior de São Paulo, onde uma adolescente de 14 anos morreu na manhã de sexta-feira (24). Gabriela Yukari Nichimura caiu do brinquedo La Tour Eiffel. O engenheiro de manutenção do parque, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, será o primeiro a ser ouvido. Funcionários que operavam o equipamento na hora do acidente prestam depoimento em seguida.



O delegado não divulgou os horários em que vai ouvir os funcionários por questões de segurança e por causa da repercussão do caso. Nesta semana, além dos operadores e do engenheiro de manutenção, Álvaro Santucci Júnior pretende ouvir os pais de Gabriela, Silmara e Armando Hoisatochi da Costa Yukay Nychymura. Uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) voltou ao local no início da tarde de segunda-feira (27) para fazer uma nova perícia no equipamento e apontou falha humana como provável causa do acidente. O delegado responsável pelo caso e representantes do Ministério Público (MP) acompanharam o trabalho da perícia.

Na tarde de sexta-feira, a Polícia Civil ouviu também três pessoas que disseram ter visto a trava do assento do brinquedo onde a garota estava abrir. Entre elas está a auxiliar de escritório Cátia Damasceno, que contou que o dispositivo de segurança da atração abriu na descida. "No primeiro "tranco" da descida, eu vi a trava do assento dela abrir. Só a trava dela abriu", conta a testemunha. "Depois disso, o corpo dela foi lançado para o chão", completou Cátia.

Noventa Junior informou que o prazo de 30 dias para concluir as investigações deve ser estendido.

O laudo da morte da jovem aponta que ela sofreu politraumatismo severo, segundo o documento assinado pelo legista Lamartine Pedretti Junior, do Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí. O corpo da adolescente foi enterrado em Guarulhos, no sábado (25).

Fonte: G1