Revezamento da Tocha Olímpica no Piauí terá esquema de segurança

As ações irão contar com acompanhamento das câmeras

A passagem da Tocha Olímpica pelo Piauí, entre os dias 9 e 10 de junho, será marcada por um forte esquema de segurança. As ações que serão desenvolvidas estão sendo tratadas pela Secretaria da Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal.

O planejamento inicial para o Piauí usará como base o que vem sendo empregado nos outros estados da federação. O efetivo fixo utilizado até agora para o acompanhamento da tocha nos estados é de cerca de 40 homens. “Teremos 40 homens das polícias do Piauí, no comboio principal da tocha. Eles darão apoio aos 30 homens da Força Nacional que acompanham o símbolo olímpico”, explicou o coronel Jorge Felipe, coordenador regional de segurança da tocha.

Parnaíba, Piracuruca, Piripiri, Campo Maior, Altos e Teresina compõem as chamadas “Cidades de Celebração”, onde a chama vai passar e pernoitar, após eventos locais. Nesses lugares, a estrutura será maior, abrangendo uma série de serviços e mobilizando um número mais significativo de pessoas envolvidas. “Contaremos, nessas cidades, com o reforço dos efetivos locais de cada instituição. Por exemplo, aqui em Teresina teremos o apoio da Strans durante todo o percurso da Tocha”, acrescentou o cel. Jorge Felipe.

As ações irão contar com acompanhamento das câmeras do Centro de Monitoramento e Controle Operacional (Cemcop). “Em todas as cidades teremos acompanhando o trajeto oito motos, quatro viaturas e uma ambulância do Corpo de Bombeiros. Nas cidades que existem sistema de monitoramento, iremos utilizá-los”, informou.

O coordenador regional de segurança da tocha lembrou que o esquema de segurança para a passagem da Tocha pelo Piauí será de forma integrada. “É importante destacar que todas as esferas da Segurança Pública estão envolvidas nesse forte esquema de segurança. Temos homens da Força Nacional, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros. Todos trabalhando para que a passagem do símbolo olímpico aconteça de forma tranquila e sem incidentes”, frisou.

Fonte: Com informações do Portal do Governo