Revisão Mega Toti atrai cerca de 3 mil alunos no domingo em Teresina

Quanto mais instrução eles tiverem maiores serão as suas chances de serem aprovados no exame”, afirma.

Às 8h da manhã em ponto, deu-se início à maratona de estudos na 19ª Revisão Solidária Mega Toti. Cerca de três mil estudantes ávidos por conhecimento lotaram o Atlantic City Club, na zona Leste da capital. Com o apoio da TV Meio Norte, o clima de aprendizado foi espalhado para todo o Piauí e Estados filiados. Dessa forma, os alunos conseguiram aprofundar e revisar os conhecimentos em diversas disciplinas, que serão utilizados no Enem.

Revisão Mega Toti


O idealizador do projeto, professor Luciano Mourão, não conseguia esconder a alegria de ver o auditório lotado. Para ele, não há recompensa maior do que escutar o silêncio e ver a empolgação de milhares de jovens atentos às explicações dos professores. “É uma coisa fantástica, ter três mil pessoas em um mesmo espaço e não se ouvir barulho. Podemos ver que os estudantes estão atentos às informações e isso vai se repercutir no dia do Enem.

Quanto mais instrução eles tiverem maiores serão as suas chances de serem aprovados no exame”, afirma.

O professor ressalta que 60% dos inscritos são estudantes de escola pública, onde muitos não encontram a mesma qualidade no ensino visto nos colégios particulares. Por isso, a revisão é uma oportunidade de competir igualmente com aqueles que possuem uma educação privilegiada.

Por conta da excelente organização, a presença de professores renomados, e principalmente da solidariedade, a Revisão Mega Toti já se tornou conhecida também no interior do Estado. O evento contou com a presença de alunos de Barras, Altos, José de Freitas e de cidades do Maranhão, como Timon. Para não perder a primeira edição desse semestre, teve gente que montou uma caravana só para assistir às aulas. A estudante Letícia Paixão cursa o terceiro ano do ensino médio, em Campo Maior. Ela e mais 25 colegas fretaram um veículo e acordaram muito cedo para conferir o evento.

“Nós viemos por conta própria, sabemos da qualidade dessas aulas, porque já fizeram uma edição na nossa cidade e gostamos. Cada um contribuiu para ajudar a pagar uma van e vir passar o dia estudando aqui em Teresina. 2015 é um ano decisivo nas nossas vidas e precisamos focar nos estudos, essa é uma ótima oportunidade de revisar tudo que já aprendemos”, revela.

A TV Meio Norte inovou ao transmitir, ao vivo, pela primeira vez durante a maior parte da manhã a revisão. A repórter Ídria Portela esteve presente durante toda a cobertura do evento e conta que encontrou estudantes de várias partes do Piauí e outros Estados, sempre dispostos e com vontade de aprender.

“Nós percebemos que eles estão engajados na proposta, permanecem concentrados todo o tempo. A nossa transmissão foi importante para que os estudantes que não puderam estar presente ou simplesmente preferiram a comodidade do seu lar pudessem acompanhar esse projeto tão importante e é a maior revisão do Nordeste”, relata.

Além do estudo, os alunos inscritos garantiram a alimentação de oito entidades filantrópicas. Na entrada, cada pessoa contribuiu com três quilos de alimentos não perecíveis, o que totalizou mais de oito toneladas de comida, que serão distribuídos nos próximos dias nas sedes de cada instituição.


Fonte: Rhauan Macedo